10 COISAS textinhos

10 PASSOS PARA SUPERAR ALGUÉM – eu garanto!

post1

O nome desse texto é um deleite pessoal para mim: “10 passos para superar alguém”. Quando vejo isso só me lembro das revistas da Capricho que prometiam o mesmo, e que me faziam ter vontade de comprá-las todas às vezes em que ofereciam soluções pros meus problemas em suas capas. Ou quando diziam conter um teste pra saber se o garoto gostava mesmo de mim. Eu comprava todas. Fazia os testes. E de alguma forma, aquilo me ajudava. Parece besteira, mas às vezes não somos capazes de enxergar o que está bem na nossa cara. Os 10 passos que vou listar aqui, são coisas que você mesmo poderia pensar, e seguir, caso soubesse o que fazer. Mas quando digitamos no campo de busca da internet “como superar alguém”, é porque não sabemos o que fazer, e queremos que alguém nos diga o que fazer, não é? Eu sei, eu sei…

Pois eu te direi aqui nesse post, o que você deve fazer para superar essa pessoa que você vem tentando esquecer:

  1. SE AME MAIS DO QUE VOCÊ AMA O OUTRO

O que sempre me ajudou a esquecer alguém foi o fato de eu me amar muito mais do que eu sou capaz de amar alguém. E não é difícil, não. É matemática básica. Vamos comigo: se a pessoa pisa na bola contigo, se a pessoa termina o relacionamento sem mais nem menos, se a pessoa diz que não te ama mais, que o problema “sou eu, e não você”, você vai mesmo mesmo ficar sofrendo por alguém que não te quer? Por alguém que não te ama? Vai sofrer por alguém que um dia já quis terminar um relacionamento contigo? Vai sofrer porque o outro não te amou? Se valoriza! Se ama! Você não precisa mendigar amor de ninguém, não. Ao seu lado quem quiser estar, e quem não quer, que se vá. Sabe quando alguém machuca a sua melhor amiga (ou melhor amigo), e você fica P da vida, querendo matar quem ousou machucar alguém que você tanto ama? Alguém que você tanto cuida? Então! É a mesma coisa aqui. Se coloque em primeiro lugar da sua vida, porque assim que você fizer isso, todas as outras pessoas que ousarem machucar aquilo que você mais ama (você), passarão de TUDO pra NADA.

2. FOQUE NOS ASPECTOS RUINS DO RELACIONAMENTO, ESQUEÇA OS BONS

post3

Não estou falando pra você mentir, dizer que seu ex era um monstro, que era horrível enquanto vocês estavam juntos, não… Não mesmo. Estou dizendo que muitas vezes quando terminamos um relacionamento, nos apegamos às memórias boas do que aconteceu, claro, até porque nosso cérebro não quer relembrar os momentos ruins, as brigas sem sentido, as ofensas gratuitas… Queremos lembrar do dia em que sorrimos até a barriga doer, e que nos amamos até o dia amanhecer, né? Faz muito mais sentido “deixar o que foi bom”. Mas essa não é a melhor forma para superar alguém. Você pode relembrar as memórias boas QUANDO já tiver superado alguém, mas até lá… O caminho deve ser outro totalmente diferente. Se concentre nas coisas que te incomodavam no relacionamento, nas vezes em que o choro veio na garganta, ou que você teve que abrir mão de algo que gosta só pra poder estar ao lado dele. Lembre-se do motivo do término, das palavras duras, das coisas que você não gostaria de viver novamente ao lado dessa pessoa. Focar nos aspectos ruins nos faz aceitar o término com mais leveza, afinal, terminou por algum motivo, né? Lembre-se disso.

3. COLOQUE PRA FORA SEUS SENTIMENTOS

Não há mal algum em tomar um pé na bunda, em precisar superar alguém, em se sentir triste com um término… Todo mundo se sente assim pelo menos uma vez na  vida! Não fique guardando seus sentimentos porque tem vergonha de admitir que está sofrendo, ou por não se sentir confortável em expôr essa situação pra alguém. Desabafe com um amigo, um colega, seus pais, seu irmão, sua irmã, até com o taxista que pegou de um lugar pra te levar pro outro… Arrume um ouvinte! Não importa se é alguém que você confie, ou alguém que você conheça… Pode ser um desconhecido qualquer. Várias vezes me vi perdida na vida, e encontrei um ombro amigo em pessoas que eu sequer sei o nome. Tem gente que é guardião da palavra que queremos ouvir. Se abra pro mundo, e coloque pra fora o que sente. Nosso coração não foi feito pra guardar coisas ruins, não. Aqui dentro só cabe coisas boas.

4. BLOQUEAR NÃO É INFANTILIDADEpost4

Não acho que bloquear alguém seja de todo uma infantilidade, pode até ser, em alguns casos, mas quando você quer superar alguém, bloquear alguém virou uma das formas mais modernas e eficazes de te ajudar a alcançar o seu objetivo. Imagine só, você quer esquecer a pessoa, mas abre o Instagram e lá está ela? Sorrindo, feliz, viajando praquele lugar que vocês tanto planejaram viajar juntos? Você está tendo um dia bom, tranquilo, abre o Instagram, e vê um stories do seu ex cheio de meninas lindas em volta dele na balada? Você acha que está superando, abre o Instagram, e lá tem uma mensagem dele dizendo que sente saudades? É impossível superar alguém ao mesmo tempo em que acompanha fielmente a vida dessa pessoa. É meio radical bloquear? Com certeza. Mas no processo de esquecimento e superação, é essencial. Você tem que cortar todo tipo de contato com a pessoa que quer esquecer, senão ela continua sendo um personagem na sua história, entende? Quando esse sentimento estiver fraco, e você tiver superado, ver uma foto dele ao lado de meninas, ou receber uma mensagem contendo um “saudades” não vai te afetar mais.

5. NÃO SE HUMILHE POR POUCO

Sabe aqueles dias frios, bem propícios pra ficar na cama de conchinha, ver um Netflix, comer um brigadeiro? Talvez seu ex (sua ex) vá te procurar num dia desses. Porque nada melhor do que ter um ex na manga pra suprir nossa carência momentânea, né? Poupa um trabalhão, imagine só, ter que achar alguém no Tinder, se apresentar, conversar, convencer a pessoa de ir pra sua casa, e ainda mais, convencê-la de fazer algo a mais pra você sair do zero-a-zero? O que é muito mais fácil do que isso? Ligar pro ex! E aí que você entra: não se humilhe por pouco. Vocês namoraram, tiveram um relacionamento sério, e se terminou, que continue como está. Não se submeta a virar um casinho pros dias tristes, ou uma foda pra quando a carência bater… Isso não te ajuda a superar, e ainda te coloca numa posição muito pequena perto do que você merece.

6. NÃO TENTE MOSTRAR QUE ESTÁ BEM, SE VOCÊ NÃO ESTIVER

largeSabe quando a pessoa termina um relacionamento, e tudo são risadas, risadas, risadas, risadas, risadas? A pessoa grava 99 stories, e em todos eles, ela ri do nada, quer mostrar que está feliz, quer mostrar que superou, blá, blá, blá? E isso não só em redes sociais, pessoalmente também, tem gente que quando percebe que está no mesmo ambiente do ex, começa a falar alto, gesticular em excesso, e dar risadas sem ninguém ter feito piada alguma? Pára com isso. Sério. Primeiro que é feio, e todo mundo percebe a felicidade forçada. Segundo que é meio deprimente, sabe? Quem mais tenta mostrar felicidade é quem mais tá sofrendo. Quem é feliz, só é. Sem precisar mostrar. Fica na sua, continua vivendo a sua vida… Tudo normal. Não mude pra mostrar algo pro ex, ou pra alguém. Você não precisa mostrar nada pra ninguém, a não ser pra você mesmo! Então que se dane se o ex tá no mesmo ambiente que você, continue a ser quem você seria caso ele não estivesse ali. Indiferença, mon amour. Você sabe o que significa? “Estado de tranquilidade daquele que não se envolve com as situações”. Fique em paz, tranquila, zen. Não deixe que a presença do outro, ou a vontade de afetar o outro, mude o seu campo energético.

7. SE PERMITA CURTIR A VIDA DE SOLTEIRO

post2Quando namoramos por um tempo, abdicamos de um tanto de coisas que casais não fazem por não serem situações cômodas pra maioria dos casais. Como ir em uma balada, beber até não aguentar mais, pagar um mico no meio da pista, falar inglês fluentemente, trocar de uma balada para outra, beijar 3 desconhecidos, dançar até o chão com as suas amigas, e acordar no outro dia sem se lembrar absolutamente de nada com umas 12 mensagens não lidas no seu celular de “amigos para sempre” que você fez na noite passada. Namorar é muito bom, mas ser solteiro também é! E não digo só nesse lance de “vida louca”, não. Você agora pode viajar para onde quiser, sem ter que convencer a outra pessoa a ir junto com você, ou esperar que ela junte dinheiro. Você pode fazer aquele intercâmbio que sempre sonhou, mas que nunca fez por medo de sentir saudades. Você pode curtir a modernidade que é instalar um aplicativo no celular, e poder conversar com diversas pessoas de diferentes lugares, vivências, idades… Você pode se aventurar! Estar solteiro é como se jogar em uma selva. Você tem que ir desbravando, conquistando, lutando… É emocionante. Faz nosso sangue pulsar forte nas veias, é como se você estivesse o tempo todo sob forte adrenalina. As músicas de sofrência voltam a fazer sentido, e as músicas apaixonadas falam sobre uma paixão que você ainda não viveu… Se apaixone por estar solteiro, vai. Tenho certeza que você vai gostar.

8. NADA DE FICAR FALANDO DE EX PARA OS POSSÍVEIS ATUAIS

Um dos maiores erros de quem não superou ainda é ficar falando o tempo todo sobre os ex namorados… E eu sei, eu disse pra você colocar pra fora, mas não com alguém que está minimamente interessado em você, né? Imagine que saco. Você gostar de uma pessoa que só fica falando do ex, e que tudo associa ao ex? “Nossa, ele amava esse restaurante”, ou, “Nossa, você é bem diferente do meu ex, ainda bem!”. Mesmo que na sua cabeça isso conte como um elogio, na cabeça de quem está te conhecendo, a frase que irá se formar é “Ela ainda não superou”. Quando você ainda não superou alguém, é normal que você tente trazê-lo de todas as formas pro seu presente, incluindo a pessoa nos assuntos mais variados, para que ela se faça presente pelo menos nas suas palavras. Esqueça o seu ex. Nada de ficar trazendo ele pro seu presente, ele é passado, deixe que ele PASSE.

9. SE REDESCUBRAlarge (1)

Conheço pessoas que ficaram tantos anos com alguém, que já não sabiam mais quem eram, quais seus sonhos, suas vontades, seus receios… Era como se as duas pessoas tivessem se fundido em uma só, e as personalidades tivessem se misturado completamente. Você não sabe mais quem é você sem a outra pessoa, e olha, não preciso nem dizer que isso não é nem um pouco sadio, né? Você precisa ter uma individualidade, mesmo estando em um relacionamento. O lado bom de terminar um relacionamento é poder se redescobrir, saber qual é o SEU restaurante preferido, qual o tipo de filme que VOCÊ assistiria sozinha, que série TE diverte, que sonhos VOCÊ tem, até onde VOCÊ quer chegar… Com o término você tem essa oportunidade de se apaixonar por você mesma, e de se conhecer melhor… E cá pra nós, não tem nada melhor do que conhecer cada pedacinho de si mesma, e de preencher cada lacuna, pedra por pedra, de quem queremos nos tornar.

10. NÃO SE APEGA, NÃO

Pois é, eu, a autora do livro “Não se apega, não”, não poderia deixar de falar essa frase pra vocês. Todas as pessoas que passam pelas nossas vidas, são as pessoas certas para aquele momento em que você está vivendo. Elas vieram com o intuito de nos ensinar alguma coisa, passar alguma lição, e seguirem em frente. Então esteja de coração aberto para amar até doer, sofrer um pouquinho no processo, e um dia, terminar. Nada na vida é para sempre, muito menos nós. Estamos todos de passagem uns na vida dos outros… Então não se apegue ao que foi ruim, ao que machucou, ao que doeu. Deixe pra lá. Esqueça. Permita que se torne passado. Tire uma boa lição e siga em frente de cabeça erguida. Até porque… não vai ser a primeira despedida, e nem a última. Você só precisa aprender a dar tchauzinho, e sorrir ao mesmo tempo. E eu sei que você consegue.

Gostou do post? Deixa um comentário pra eu ficar feliz! Passei horas escrevendo, que tal dedicar alguns minutos pra dizer o que você achou? 🙂

MEU PRIMEIRO LIVRO PARA COMPRAR

MEU SEGUNDO LIVRO PARA COMPRAR 

MEU TERCEIRO LIVRO PARA COMPRAR 

Advertisements

11 comments

  1. “Não vai ser a primeira despedida, nem a última” traz uma certa leveza pra esse processo de desapego seja lá por quem ou o que for. Escreva mais. Sempre bom quando você escreve!

    Like

  2. Tudo que eu estava precisando ler/ouvir nesse momento da minha vida. No meu processo de amor proprio. So me deu mais força pra seguir e com esse post me amor 50% mais q antes

    Like

  3. “Se abra pro mundo, e coloque pra fora o que sente.” Destino é uma coisa incrível porque hoje mesmo, estava no ônibus escrevendo um poema sobre um homem que conheci, sai com ele apenas uma vez e durante um mês eu me apeguei a ele, mas paramos de nos falar. Eu tenho muita dificuldade de me expressar e expor meus sentimentos sobre alguém que mexeu comigo como ninguém havia feito. Tenho vergonha de admitir que me apaguei a alguém em tão pouco tempo. O poema é sobre a nova fase que estou passando e citei ele, e para mim, escrever melhorou bastante. E justo hoje, depois de algumas horas, eu vi essa postagem no blog e fiquei ainda mais maravilhada em como o destino é perfeito. Isa, você escreve muito bem e consegue nos tocar porque o que escreve é sincero e transparente. Você é uma das escritoras que mais admiro!!! Luz e sucesso na sua vida sempre. 💙

    Like

  4. Ler esse post me ajudou uns 500% porque estou num processo de superação e de amor próprio, e além disso, sou forçada a ver a pessoa todo dia e estar no mesmo ambiente que ela, o que torna tudo mais difícil. Tava desanimada com isso hoje achando que ia acabar voltando a estaca zero mas ler isso me motivou ainda mais! Isa, JAMAIS pare de escrever. Você é incrível demaissss

    Like

  5. Nossa, Isa! Fazia tempo que eu não lia um texto no teu blog que fosse exatamente o que eu tô passando no momento e preciso fazer: “Não se apega, não” e seguir em frente. Eu quando gosto muito de um livro e do escritor(a) não consigo nem doar, pois é necessário reler quando acontecer algo assim de novo. O máximo que faço é tirar foto de algum capítulo quando estava lendo na praia e alguém ver a foto no meu Instagram ou ver eu lendo na praia e na volta do busão. Grata por tudo, segue o baile e que dias melhores venham, inclusive os seus novos livros… Abraço da tia Dessa pro Pedro s2

    Like

  6. Esse post foi o mais perfeito que eu poderia ler sobre o assunto, me ajudou muito a entender coisas que ainda estavam pendentes na minha cabeça.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s