Seis motivos para começar a assistir Quantico

Um grupo de jovens brilhantes, lindos e inteligentes é recrutado para se tornar agentes especiais do FBI. Para isso precisam passar por um treinamento rigoroso, físico, psicológico e intelectual, na Base Quantico. Tudo se transforma quando, meses depois, um deles se torna o principal responsável pelo maior ataque a Nova York desde 11 de setembro. Ficou curioso? Essa é a trama do seriado Quantico. Veja mais alguns motivos para começar a se viciar.

1. De Bollywood para Hollywood


A atriz Priyanka Chopra, que protagoniza a série, já era a queridinha de Bollywood (para quem não sabe é o Hollywood da Índia), se destacando como uma das mais bem pagas, até que veio para América a fim de embelezar e dar um show de atuação em Quantico. A indiana, que já foi Miss Índia e Miss Mundo, deixa muita norte-americana no chinelo e além de ter uma beleza estonteante é muito talentosa. Já dá para prever um futuro promissor.

2. Elenco diversificado


Tem gay, judeu, muçulmana e a lista não para de crescer. Esse é um dos fatores que enriquece a série. É admirável assistir uma produção que se preocupa com a representatividade e trata isso com uma dose de realidade que falta em outras atrações. Pois não dá para fingir que todo mundo aceita homossexuais ou que os muçulmanos não são vistos com outros olhos.

3. Enredo fora do comum e imprevisível


Já assistiu algum filme ou seriado que inicia lá no futuro e depois vem contando o que aconteceu até chegar aquele ponto? Quantico começa exatamente assim, mas, por incrível que parece, consegue fugir do lugar comum e contar a história de forma imprevisível, sem perder o fôlego em momento algum. Todo episódio tem algo novo acontecendo e não deixa o espectador esmorecer. Além disso, tem um aspecto na edição totalmente particular que deixa tudo mais gostoso de assistir.

4. Protagonista que detesta relacionamentos

Vamos falar de Alex Parrish, a protagonista do seriado! A atriz que a interpreta é indiana e o criador da trama aproveita isso para inserir na história da personagem um enredo parecido. Parrish é mestiça, possui uma personalidade forte e tem uma aversão a relacionamentos longos, isso é evidenciado logo no episódio piloto. Tá, mas e daí? Essa característica é indiscutivelmente rara em protagonistas femininos, que na maioria das vezes são românticos e carentes. Mais um ponto positivo para Quantico!

5. Caracterização impecável


Um dos pontos que mais chama atenção em Quantico é a impecável caracterização do elenco. A trama sofre uma passagem de tempo não tão grande, cerca de dez a doze meses, mas é perceptível a mudança nos personagens, tanto pela diferença da carga emocional do que estão vivendo, quanto pela alteração de visual, que inclui cabelo, maquiagem e figurino. Tudo é bastante cuidadoso e muito bem feito.

6. Grandes personagens femininos

E não é só a personagem de Priyanka Chopra que chama atenção na série. Além de Alex Parrish, temos a muçulmana cheia de personalidade, Nimah Amim, que inclusive é vivida por Yasmine Al Massri, uma atriz de origem libanesa. Tem também Shelby Wyatt, que possui um aparência frágil e doce, mas é uma das melhores atiradoras da turma de recrutas e não perde uma luta; Natalie Vasquez que ingressa no FBI para proteger a filha e tantas outras personagens que mostram para que veio.

Te convenci a assistir? A boa notícia é que Quantico já tem a primeira temporada disponível na Netflix e a segunda estreia dia 25 de setembro no canal ABC.

Escrito por Isabel Tavares

Jornalista, apaixonada por histórias e pela arte de encantar pessoas através da escrita. Tenho 22 anos e amo moda, cinema, seriados e histórias encantadoras. Visite meu site: isabeltavares.com // Baixe o meu e-book "Entre a Fé a Paixão" aqui