Compras online: Loja da Daay

Publicidade

Tem muito tempo que não faço post de compras online por aqui não é? Estava dando um tempo pra vocês conseguirem pagar todos os cartões e tirarem o nome do negativo hehe brincadeira! Hoje trouxe algumas coisinhas bem legais para vocês, acho que vão amar.

Vocês de lembram da Loja da Daay? É, isso mesmo. Aquela loja cheia de coisas lindas e mega baratas! Agora a Loja da Daay está trabalhando com pronta entrega, ou seja… Pediu, chegou! Pedi algumas coisas bem lindas para mostrar a vocês… E não se esqueçam, nas compras acima de 100 reais na pronta entrega o frete é grátis! Uhuul!

Esse cordão já virou meu xodózinho. Todo lugar que vou as pessoas ficam loucas perguntando onde eu comprei, daí falo e elas ficam mais loucas ainda, porque ele custa R$29,00! Comprem aqui.

Eu adoro usar alguns acessórios mais excêntricos para quebrar o look clássico de sempre. Uma caveirinha, corujinha, e até mesmo uma cobra! Essa pulseira é linda, toda de strass (até minha mãe já usou!) e custa R$40,00. Comprem aqui.

Esse cordão é lindo né meninas? Mas infelizmente ele não está mais a venda na Loja da Daay, fica a foto só pra vocês babarem! Haha

Esse brinquinho eu não tiro mais do meu segundo furo. Super fofo né? Amo caveirinhas. Vocês podem comprar ele aqui por R$22,00. (é sério, acreditem!)

Agora o meu vício: anéis de dois dedos. Lindíssimo esse anel PEACE, quando bati o olho nele foi amor a primeira vista. Vocês podem comprar ele aqui por R$40,00.

E agora o mais lindo de todos! Anel de caveirinha com pérolas, perfeito né? Vocês podem comprar ele aqui por R$45,00.

Olha minhas fotinhas no Instagram (IsabelaaFreitas, segue lá!) com os produtos:

Loja da Daay pra quem não sabe, também vende maquiagens! Só olhar a seção de maquiagem da loja. Aconselho vocês a comprarem essa paleta de sombras, que é de muita boa qualidade e está super em conta! (ainda ganha um kit de pincéis, na minha época não era assim não hein Daay?)

Para quem não liga de esperar um pouco.. A Loja da Daay ainda tem uma outra parte de acessórios, que não são a pronta entrega, são encomendas. Mas vale a pena conferir! Olha lá!

E pra finalizar, o que vocês sempre me perguntam… É aqui que compro as capinhas para o meu iPhone! Essas daqui são as minhas preferidas, tenho uma de cada cor..  Olhem as fotos! Perfeita né?

Espero que tenham gostado das minhas escolhas na Loja da Daay meninas. Para mais informações acessem o Facebook da loja, Twitter ou o Blog! E podem ficar tranquilas, a loja é super confiável. Qualquer dúvida podem me perguntar também! Beijo beijo!

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Ciúmes: use com moderação

Draminha

Cara, ciúmes é uma coisa absurda. Eu sou do tipo que tenta controlar ao máximo esse impulso, é, aquele impulso de voar em cima da primeira baranga que ousar vir pra cima do meu namorado. Já tive momentos na minha vida em que olhei pra mim mesma e pensei “Uau, arrasou.”. Exatamente por ter saído por cima de situações em que eu poderia me rebaixar.

Por exemplo, no início do meu namoro eu estava em uma boate com meu namorado e do nada uma garota vaca horrorosa hipopótama  sentou na nossa mesa e começou abraçar o amigo do meu namorado. Ok, até então estava tudo bem. Até que eu analisei direitinho o rosto dela e me lembrei que meu namorado já tinha pegado aquela donzela… Escutem só. Permaneci impassível. Ela começou puxar assunto e perguntar como estava nosso namoro, parabenizou o casal e disse que éramos lindos. EI EI! Essa era a hora de eu dar um chilique, levantar da mesa e arrastar meu namorado. Mas na boa? Valeria a pena dar esse gostinho a ela? Não. Então me segurei, respondi educadamente e depois de um tempo ela ficou sem graça e levantou da mesa. E tenho certeza que fiz melhor assim.

O que eu quero que vocês entendam é, ciúmes nem sempre é uma forma legal de mostrar que se gosta de alguém. Se você for muito ciumenta, acaba valorizando o seu parceiro demais. Como assim Isabela? Já te explico. Se você tem muito ciúme do seu namorado, acha que todas mulheres o desejam e não deixa nem que ele olhe para o lado… Ele vai se achar. É natural, é humano. Tudo aquilo que é muito valorizado tende a aumentar de preço, pensa só. Então quer saber? Segure esse ciúme, porque as mulheres do mundo não estão nem aí pro seu namorado (só algumas!) e ele não é irresistível, muito menos nenhum Ian Somerhalder pra arrasar corações por aí. Tenha ciúmes na medida certa, no momento certo. Faça um elogio a ele de vez em quando e diga “Nossa, to até com ciúmes de tão lindo que você está hoje.” É esse tipo de ciúme que é saudável e essencial em qualquer relacionamento.

Sei que muitas de vocês vão dizer “Ah, mas as amiguinhas dele me provocam!” Ok, elas te provocam. Uma pessoa quando provoca a outra, o que ela espera? Hein? Não fique quieta, quero que me responda. Isso mesmo, que a outra reaja. Se você reagir vai estar dando exatamente tudo que elas querem. E sabe o que é pior? Elas ainda vão dizer em alto e bom som pro seu namorado “Sua namorada é louca..”. Porque o ciumento é sempre louco, vê coisas, imagina situações. Sempre.

Se fazer de indiferente traz bons resultados, acreditem. Os homens vão sempre pensar “Nossa, ela é tão segura de si!”, e mesmo que você não seja nada segura e se descabele em casa em frente o espelho, deixe que ele pense isso.

Outra coisa que gostaria de diferenciar, ciúmes é completamente diferente de psicopatia. É, psicopatia! Ter senha de Facebook e ler todas as conversas do seu parceiro, vocês acham isso normal? Pois eu não. Não que eu tenha algo a esconder, não tenho mesmo. Acho que se eu quisesse trair a pessoa que está ao meu lado eu nem estaria ao lado dela, pra começar. Mas em um relacionamento ambos devem ter sua individualidade, e isso inclui conversas no Facebook. Vai dizer que você não fica o dia todo rindo e se divertindo com suas amigas no chat? E qual a necessidade do seu parceiro ler esses assuntos? Que são só de vocês? Acho que atualmente as pessoas estão brigando por muito pouco. Discutindo curtidas em redes sociais e piscadinhas de emotions perdidos. Outra coisa que considero completamente absurda é essa mania de ler as sms um do outro. Tá, quem nunca deu uma escapadela e leu as sms dele só pra ter certeza que ele é só seu? Ok, todas nós já fizemos isso. Mas confesso que me senti um pouco idiota, afinal, confio em quem está comigo, por que desconfiar de uma sms? Existem casais que fazem disso uma rotina, e qualquer mensagem mal explicada ou com uma letra “o” a mais no “beijo” vira motivo de discussão. Na boa? Não confia, termina.

A individualidade deve estar presente também nas amizades. Você pode ter suas amigas e namorar ao mesmo tempo, não há mal algum. Odeio pessoas que largam tudo por um relacionamento, e a essas pessoas eu tenho só uma coisa a dizer: relacionamentos acabam, amizades são para sempre. Não se arrisque perder pessoas que estarão ao seu lado sempre por pessoas que podem estar ao seu lado por tempo determinado. Ambos devem ter seus momentos com os amigos, ir no cinema, em um barzinho, coisas do tipo. Claro que não acho certo ir para a boate com as amigas e deixar o namorado em casa, nunca. Tudo tem limites, né? Mas acreditem, existem casais que não deixam que o outro vá na esquina sem que ele esteja ao lado. E sinceramente, sei que esses casais não serão casais por muito tempo.

O relacionamento passa por várias fases, várias. O início onde tudo é cor de rosa, o meio onde surgem algumas complicações que podem ser superadas pela força de vontade de ambos, e o final, onde nada dá mais certo e as brigas tomam conta. Muitos casais estão no final há anos, mas eles se negam a terminar pois tem medo do que pode acontecer depois. Olha, um conselho? O que está ruim só tende a piorar. Um namorado ciumento vai ser sempre ciumento, e se um dia vocês se casarem ele vai ser um psicopata completo. Um namorado que tem ciúme excessivo dos seus amigos vai ser sempre assim, e se um dia vocês se casarem você não poderá sair de casa. É o que eu falo sempre para minhas amigas: acreditar que as pessoas podem mudar é algo que já desisti há muito tempo. As pessoas podem mudar, mas elas não querem.

Ciúmes deve ser usado com moderação, com sabedoria. Se você souber usar da forma certa, ele vai estar a seu favor. Uma vez ou outra gostamos de nos sentir disputados, isso é óbvio. Mas a partir do momento em que isso vira obsessão, acaba virando um motivo a mais para que tudo acabe. Homens que não deixam mulheres irem malhar, ir na piscina, sair com as amigas para beber, ter amigos, etc. Genten, não estamos mais no século passado. Mulheres devem sim malhar e ficar gostosas, ter seu direito de pegar um sol para ficar bronzeada, sair com as amigas para falar mal das sogras e ter amigos verdadeiros que vão protegê-la sempre. E isso não é nenhum absurdo! É natural, é normal. Pessoas que fogem da normalidade me assustam, e pessoas que aceitam isso mais ainda.

Então coloque a mão na consciência e pense “Se ele está ao meu lado é porque gosta de mim. Não devo ter ciúmes por besteira e nem deixar que isso atrapalhe meu relacionamento”. Mas se ao final dessa frase ainda restar uma dúvida, sinto muito. Falta confiança no seu relacionamento, falta confiança em si mesma. E um relacionamento sem confiança, bem, não é nada.

Quem tem muito ciúme se importa demais. Pessoas que se importam demais, sofrem.

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

O som de Marcela Taís

Dicas

“Ela pode só não sabia, ela só não sabia..  Ela vence por teimosia. Nem todos saberão te amar, nem todos saberão te valorizar. Contudo você tem tudo, vá e conquiste o seu mundo! Então menina não vá desanimar… 

Feche os olhos e você vai encontrar a força que precisa para alcançar..  O céu em você vai apostar. Se cair levante e caminha, você é linda e tem companhia. Você é forte, só não sabia. Não vá desanimar… Quando elas decidem acreditar elas são fortes e sabem sonhar.. Imperfeitas princesas cheias de realeza que em suas histórias escolheram lutar!”

Se você sentiu uma energia muito boa ao ler esse trecho… Acredite, não é só você! Esperem só até ouvir a música inteira! Marcela Taís é uma cantora brasileira de apenas 24 aninhos. Uma mistura de folk, reggae, blues e estilo próprio numa voz marcante, doce e delicada. Músicas com letras poéticas e ao mesmo tempo simples que embalam confiança, otimismo, leveza e fé, de uma forma prática e descomplicada. Sabe aquela música que você escuta e te faz feliz instantaneamente? Então… Vamos curtir nossa terça-feira ao som de Marcela Taís?

Gostaram? Visitem o site dela e conheçam mais músicas! Espero ter feito do dia de vocês um dia mais feliz :)

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Banheiro Masculino: Baladeiras ou Caseiras? Que bebem ou não?

Banheiro Masculino

E aí meninas, animadas para mais um Banheiro Masculino? Hoje iremos falar sobre comportamento: o que eles pensam sobre garotas que bebem? Que gostam de ir pra balada? E o que eles pensam sobre garotas que não bebem? Ou que são caseiras? Vamos descobrir o que se passa pela cabeça desses seres tão misteriosos e complicados… Ah, antes de começar apresento a vocês um novo convidado: Igor Coelho. Espero que gostem!

O que eles pensam sobre garotas que bebem:


Daniel Bovolento
Eu gosto de mulher que socializa. Só não curto aquelas loucas que ficam trêbadas, caindo pelos cantos e fazendo a gente passar vergonha. Não gosto nem de ver amigos assim. Bebida é pra você descontrair, ficar no grau e se divertir com mais facilidade. Mas acho que mulher que bebe só de onda ou só para aparecer é babaca demais. Beba com ou sem moderação, só não espere que eu vá ficar feliz do lado segurando o seu cabelo enquanto você vomita no banheiro da balada.

Oscar Filho
Não é muito legal você encontrar/conhecer/sair com uma mina que bebe muito e fica se passando na frente de todo mundo né? Fica aquele clima chato, você fica com vergonha, acaba estragando a noite… A maioria das pessoas que eu conheço gosta de beber, é bom, a gente se diverte. Mas não pode ser exageradamente pra sair do seu senso e acabar fazendo besteira. Ter uma companheira que te acompanhe nas bebidas é legal, desde que seja bem de boa, moderado! Eu prefiro! Mas como falei, tem que beber pra se divertir e estar junto comigo e não pra sair fazendo merda por ai!

Iago Annes
Claro que sem dar vexame. Acho interessante mulher que sabe das coisas e geralmente aquela mulher que bebe conhece drinks, novas bebidas, misturas, etc. E como já disse aqui  antes; aqui gosto de gente que agrega ideias, opiniões e sim até mesmo drinks! Aquela que sai para beber contigo e dar altas risadas juntos, na medida certa é mais um charme que elas podem ter.

Igor Coelho
Olha, eu sei que parece besta, mas eu vou confessar: acho um charme a mulher que bebe. Não somente pelo ato de beber, mas por saber escolher um drink, apreciar um bom vinho ou simplesmente dividir comigo aquela cervejinha de sexta-feira. A menina que bebe ainda me dá a oportunidade de oferecer a ela um drink, que é uma abordagem que eu gosto. E eu vou adorar observar como ela segura o copo e como bebe daquele jeito delicado e como isso deixa a troca de olhares mais misteriosa. Mas é claro, a bebida é uma parte de tudo, não pode ser o motivo da sua diversão. A mulher que passa o tempo todo visitando a fila do bar e depois perde a linha, perde também pontos comigo.

O que eles pensam sobre mulheres que não bebem:

Mulher que não bebe, pra mim, não tem problema. Só não gosto de ser criticado por beber. Se tá comigo é porque, teoricamente, aceita que eu beba com meus amigos, me divirta na balada e tal. Não quer beber, beleza. Mas também não quero uma múmia do meu lado que só bebe chá e não se anima, não se diverte. Conheço mulheres que não bebem e que são ótimas companhias. É desse jeito que prefiro: que sejam ótimas companhias independente de beber ou não.
Tem que ter a “motorista da rodada” (apesar de que mulher no volante…) HAHAHA brincadeira! Bom.. se a mina consegue se divertir, dançar e curtir a balada ou os lugares que sai sem beber é completamente de boa! Você não tem que ficar se preocupando se ela vai beber demais, se vai fazer besteira, se vai se passar… Todo mundo escolhe a forma de como vai se divertir. Se a menina prefere ficar sóbria e rindo dos outros bêbados, a escolha é dela! Mas não pode ficar de cara feia, tem que se divertir também!
Respeito, mas se é porque não gosta do sabor eu até entendo e nada tenho contra. Mas aquelas que não bebem para não perder a linha eu não confio não… Dá uma ideia direta de falta de auto controle e imagina só, se ela não se controla na bebida que dirá em outras coisas? Ou será que quer pagar de santinha? Não sei. 

Igor Coelho
Essa história de que só quem bebe se diverte é mentira. Conheço meninas divertidíssimas que não bebem uma gota de álcool. Não beber não te faz menos madura, nem menos escolada. Mas com certeza a primeira impressão que me passa é de uma pessoa mais “certinha”. Certa vez uma menina disse pra mim que eu poderia beber, pois ela poderia conduzir o carro depois. Eu achei uma atitude bem tranquila e madura.

O que eles pensam sobre garotas baladeiras:


É o tipo mais fácil e bacana de encontrar. Numa balada, num barzinho ou em algum lugar por aí. É o tipo de mulher que você vai conhecer, se encantar, bater um papo animado e por aí vai. Numa relação, é bacana que ela tenha amigas e queira sair com elas, mas sem exagero. Assim como eu considero que um cara também entenda que num relacionamento os finais de semana devem ser divididos entre a namorada e os amigos. 
Mulher que sai muito, geralmente conhece muita gente! A noite é um reduto aberto pra os encontros e desencontros das pessoas. Você fatalmente vai acabar conhecendo(e se interessando) por alguém na noite! Eu sou um cara que saio bastante(ou pelo menos saía), consequentemente gostaria de ter uma companheira que me seguisse nisso né? Mas há casos e casos… Falo que queria alguém pra me acompanhar, mas só se esse alguém já estivesse comigo. Passar a conhecer alguém que sai muito, você fica sempre com um pé atrás!
Curto muito sair para vários lugares diferentes e para mim mulher tem de ser parceira, então prezo mulheres que gostem de sair, que topam ir nos mais variados lugares e sabem curtir cada um. Tem que ser animada! Normalmente mulheres que curtem sair são mulheres com “jogo de cintura” porque já foram em todos os tipos de lugar! Aão dessas que com uma música aproveitam até o pior lugar do mundo. Encantadoras.

Igor Coelho
Mulheres que saem muito me dão impressão de independência. Esse tipo de mulher assusta muito cara, porque ele pensa: “caramba, ela se vira, ela curte mesmo! Mesmo que eu não esteja por perto”. Ela também passa uma impressão de mulher mais flexível, que vai querer se divertir, seja pra curtir uma balada, ir ao shopping ou a um jogo de futebol… ela tá ali pra curtir! Essa mulher me chama atenção porque eu quero conhecer as experiências dela, saber que tipo de lugar curte mais, conhecer os lugares que ela frequenta e apresentar os meus points favoritos.

O que eles pensam sobre garotas caseiras:

As caseiras que me perdoem, mas como é que vamos encontrá-las se elas só ficam em casa? Eu até curto um programinha de sofá, mas nunca sair é impossível. Ter acesso a lugares bons, sair pra jantar, pra balada, pra se divertir com amigos e socializar é algo que não consigo descartar, mesmo numa relação já iniciada. Acho bacana que tenham seus valores de casa, mas isso não significa que tenham que ficar presas e enfurnadas dentro de casa sempre. Enfim, não me agradam muito.
Geralmente são as meninas tímidas das quais falamos no post da semana passada. É interessante quando você conhece uma menina mais tranquila assim. Você se interessa por conhecê-la melhor já que ela não está “contaminada” pelo ritmo frenético da noite! Dai você se adapta ou traz ela pro seu mundo… Teoricamente é mais facil você conseguir levar ela com você, do que fazer as que já saem pararem de sair. Eu prefiro assim, pois conseguimos moldá-las na medida do relacionamento! Teoricamente é pra existir um meio termo, mas sei que vocês não gostam de meio termo e por ser como falei, as caseiras são mais convidativas
Ficar muito em casa me dá desespero, e antes que digam que ninguém aguenta sair todo dia… Eu digo que eu aguento!! Não gosto de ficar em casa, ainda mais dias fatídicos de saídas. Não que eu não tope um sofá nesses domingos tediosos e filmes em dias chuvosos preguiçosos – não só topo como sou muito a favor!! Noites em casa com vinhos e filmes tem seu charme e grande parte do meu coração, porque sou bem preguiçoso. Mas ser predominantemente caseira, sinceramente não gosto não. (estão vendo porque convidei o Iago pra ser meu colunista?? Isabela aqui haha)

Igor Coelho
As gatinhas caseiras normalmente são mais românticas, não é? É aquela menina que vai valorizar aquela tarde com filme alugado, pipoquinha, refrigerante e o conforto do lar. Dentro de casa você tem muito mais opções do que parece. A menina me ganha se topar jogar videogame, se formos pra cozinha inventar um lanche, ou fazermos qualquer coisa boba tipo ficar juntos na Internet rindo da vida… As meninas que ficam mais tempo em casa, muitas vezes, têm uma relação mais próxima com a família e isso é uma coisa legal. Sou um cara mais caseiro e gosto das caseiras, haha.

Gostaram do tema de hoje? O que vocês gostariam de ver semana que vem? :) Deixem seus comentários!

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

O barulho que o silêncio faz

Contos e Crônicas, Draminha

É esse meu jeito de dizer tudo em meio ao silêncio que tanto te incomoda, não é? Eu sei, mas sempre acreditei que o silêncio diz mais do que qualquer palavra. Você precisa entender isso, meu bem. Tudo aquilo que não sai da minha boca eu esvazio em um olhar. E eu sei, isso é mais do que um defeito, é insuportável. Dizer não quando se quer dizer sim, fugir daquilo que provavelmente te faria feliz. Mas fazer o quê, pessoas são complicadas, sentimentos mais ainda.

Se lembra daquele dia em que te disse que nunca havia sentido nada por você? Bem, eu dizia a verdade. Nunca senti nada como o que senti por você, nada. Você foi furacão, tornado, tempestade. Me devastou e eu não consegui controlar. Nunca fui boa em expressar o que eu sinto, então acho que a forma mais fácil de te ter ao meu lado foi tentar te afastar de todas formas. Recusei os seus abraços enquanto desejava todas as noites por eles. Disse que odiava o seu perfume e você nem imagina que fui na loja comprar um igual para poder sentir seu cheiro quando quisesse. Cruzei meus braços e disse que não poderia fazer nada, enquanto passava noites pensando em uma solução para ficarmos juntos.

Emburrada, mimada e idiota. Mas você também sabe disso, não é? Quando nos conhecemos já dei logo um jeito de te afastar, de fazer com que você não gostasse de mim. É uma mania que tenho; já digo logo de cara todos os meus defeitos e afasto de mim aqueles que não podem suportar pessoas tão imperfeitas. Mas você não, você… Abriu um sorriso e disse que sabia que por trás de todas minhas armaduras existia uma garota linda. Uma garota meiga, sensível e que acreditava no amor. Sabe que nesse dia até eu cheguei a acreditar nisso? Você me deu esperança, você me fez acreditar em alguém que há muito tempo estava morta dentro de mim. Me manter distante de pessoas que queria ao meu lado foi algo que sempre fiz.

E eu gosto do efeito que você faz em mim. Me desarma, vê através da armadura. Sabe que por trás da minha cara de emburrada existe um sorriso gritando por você estar ao meu lado. Sabe que por trás de todas minhas tiradas e meus comentários irônicos existe uma garota que te admira e acha graça das suas piadas sem graça. Também sabe que por mais que eu diga que não acredito em casamento, sonho com o dia em que eu vá entrar no altar com você. E aos poucos me fez ceder, abrir a guarda… Deixei que você entrasse mas não fizesse bagunça. Não precisei mostrar nada, você apenas percebeu. Ei, escute o barulho que o silêncio faz.

É, não tem jeito. Seu sorriso e sua camisa xadrez não saem da minha cabeça. Gosto de pensar em você o dia inteiro para quando te encontrar não parecer tão empolgada e estúpida. Eu tenho parecido empolgada e estúpida? Esse meu jeito fria de ser é apenas um chamado para que você me esquente. Essa minha vontade de ser sempre livre é apenas meu coração querendo se prender a alguém. Essa minha cara emburrada às vezes se transforma em sorriso. A falta de mensagens no seu celular é a confusão de sentimentos que se encontra em minha cabeça. O meu desinteresse é apenas uma forma de não parecer tão apaixonada. Sabe os dias em que fiquei ausente? Estava tentando te dar um espaço para pensar melhor, sei lá, vai que você ainda pensa em desistir? Garotas complicadas não são exatamente o que todo cara quer para si. Mas você sempre volta, você sempre me procura. Se lembra do dia em que chorei e disse que não acreditava no amor? E você disse que eu não precisava acreditar no amor, precisava acreditar em nós. E eu acredito. Depois de tantas idas e vindas, tantas palavras não ditas e declarações por fazer, você merece saber.

É, acho que tenho que te agradecer. Posso não ser a típica princesa que espera seu final feliz; mas quem acredita em felizes para sempre quando se vive feliz no tempo presente? Eu sou uma bagunça que só você pode arrumar, uma muralha escondendo o lado doce que só você conseguiu pular.

“Eu passo quieta por você, você passa quieto por mim, e eu ainda escuto o barulho que a gente faz.”

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?