É, eu te superei!

Contos e Crônicas
 
despedida_large


Começar a noite bem e terminar com um "sabia que ia dar nisso". Ex não foi feito para ser amigo, sabe.

Relembrar casos passados deixando um sabor de flashback. Quero, não quero, não quero, quero! Pedi pra você prometer que não ia tentar ficar comigo como em todas as outras vezes. E pela primeira vez, você concordou. Sem muito esforço, sem ladainha e eu fiquei feliz. Feliz porque afirmei tanto pra você e pra mim mesma que havia te superado. E, de fato, isso aconteceu. Tenho festejado, curtido, provei novos sabores e pela primeira vez não senti sua presença me sufocar. Pela primeira vez ao te ver não senti um ciúme irracional, uma vontade de gritar um "EU TE AMO" e mostrar isso de todas as maneiras possíveis para que ninguém duvide, para que você não duvide, para te manter perto.

Eu te reencontrei. E houve risos, brincadeiras, intimidade, uma sintonia tão grande que ninguém sabe ao certo porque estamos separados. Eu sei, você sabe. Depois de uma noite entre "amigos" eu te quis por perto, como eu sempre quis. Como amigo, amante, canalha, qualquer coisa que te segurasse aqui. Porque te ter por perto é melhor que não te ter de forma alguma. Mas me perco e te perco no caminho. Quando finalmente sentia paz plena, fomos ver tv. Maldita tv. Humor, entrevista, culinária e eu só conseguia pensar em "como eu deixei ele escapar?", nada que passasse ali poderia desviar a minha atenção do peito dele e do fato de que era tão acolhedor. Sempre me passou tanta segurança. Sempre esteve perto. Desculpa estragar nossa noite de "amigos", desculpa por precisar do seu colo essa noite. 

Por que raios eu o deixei partir? E enquanto tudo grita dentro de mim, da minha boca não sai uma palavra. Nada. Eu deveria? Eu poderia? Nunca fez diferença em todos esses anos. Não seria agora, né? Estou cansada de viver de quases, de pessoas e relações vazias, de meias-palavras, mas sou herdeira de uma incrível habilidade de estragar tudo. Tudo dito, nada feito. Qual a graça em mostrar a beleza dos sentimentos a quem está de olhos fechados? Pois é, nenhuma. Não quero quases. Não quero colocar palavras na sua boca. Não quero me contentar com tudo que foi idealizado só na minha mente. E a sua bipolaridade sentimental machuca. Seus desejos bipolares fazem com que eu desista. 

Afirmo e reafirmo, eu te superei, mas como eu queria que no fundo fossemos nós novamente. Queria muito porque sei que poderia mudar o rumo das nossas vidas. Porque eu sei que nós somos lindos juntos. Você foi meu primeiro amor, por um momento meu mundo e eu te esperei, me magoei, aguentei firme até não poder mais. Ambos mudamos tanto, mas eu nunca disse que queria o passado de volta. Eu ficaria feliz em passar o resto da minha vida te redescobrindo e me descobrindo em você. 

Então agora eu me encontro feliz, conheci o amor de novo, mas dessa vez o amor próprio e fico triste por você. Porque por mais que eu deseje o contrário, no fundo, você sabe que nunca encontrará alguém como eu. Alguém que espere por você tanto tempo fielmente sem desistir. E sabe aquela frase que você disse ontem a noite? "Espero que dê certo com o fulano", quando eu disse "que Deus te ouça" eu não estava brincando, também espero e quero fazer com que realmente dê. Com ele ou com qualquer outro. Vou tentar do meu jeito. Meu jeito meio bobo, meio torto, meio errado, mas prometo tentar.

E pela primeira vez eu desci do seu carro e não me martirizei no quarto, não chorei, não me afoguei num pote de chocolate, não tive aquela vontade enorme de te ligar e dizer aquelas bobagens sentimentais que você sabe, eu adoro. Nada. Deitei na minha cama e foi como se nada de tão importante tivesse acontecido. Dormi. E por mais assustador que isso me pareça, parece que eu finalmente te superei. Prefiro que continue assim. Quero me acostumar com essa paz que sinto em relação a você. Porque seria ótimo te ter ao meu lado, (ao meu lado, entendeu bem?) mas viver agarrada à tua sombra é demais pra mim… 


É, eu te superei.

@RaianeRibeiroo­ ­

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

É ele, o amor

Contos e Crônicas
 

É claro que o amor é importante. Precisamos do amor cada dia mais, sempre mais. Para acreditar que tudo um dia ficará bem, para ter certeza que quando tudo estiver ruim, ele vai estar lá. Guardado, esperando a sua hora. É ele quem vai te salvar de se sentir a pior pessoa do mundo quando levar um fora. É ele quem vai te dizer o quanto você é linda. Porque você é, basta se olhar no espelho.

É ele, o amor. Ele vai estar com você nos dias em que se sentir sozinha, vai te esquentar em noites frias e te fazer completa. Vai te proteger de todas as críticas e sussurrar no seu ouvido "você é melhor do que tudo isso!". É ele quem vai te ensinar a sorrir para aqueles que te odeiam e dar carinho àqueles que te valorizam. Tão especial, é o amor.

É ele que vai te mostrar que você não precisa de ninguém para ser feliz. Vai te ajudar a dar a volta por cima daqueles que te machucaram. Vai te ensinar que chorar por idiotas, não vale a pena. Vai dizer todos os dias "Você merece o melhor!". Vai te fazer amar. Amar você mesma.  Por fim, é ele que vai te levantar quando você cair e te ajudar a começar de novo.

É ele, o amor. Amor próprio. Espero que você aprenda que o "eu te amo" mais sincero, é aquele que se diz para o espelho.

 

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Como conquistar uma mulher

Contos e Crônicas
 
large-77
 

 

A conquista. Para mim, é a parte mais emocionante de todas. O que um homem deve fazer para chamar a atenção de uma mulher sem parecer idiota? De início eu diria: olhares. O olhar é muito importante, pois se eles se encontram mais de uma vez… É sinal de que ele está no caminho certo. Olhe para ela, sorria com seus amigos enquanto a observa, faça o tipo misterioso, na sua. Nada de sair sentando na mesa dela e das amigas, puxar assunto, pedir telefone, fazer o bêbado descontraído. Há quem goste, mas garanto que boa parte das garotas prefere o tipo mais reservado. O tipo que encosta num canto  te olha com cara de safado mas não faz nada… E depois de uma noite inteira de olhares e sorrisos garanto que ela ficará intrigada porque você não foi atrás. E quando ela estiver quase morrendo de vontade de ir te falar "Seu idiota, toma uma atitude!". Você vai.
 
Depois de já terem se conhecido, ficado, trocado celulares, Facebook, e tudo o mais, vem uma parte super importante. A parte em que nenhum dos dois quer se mostrar interessado o suficiente para correr atrás. Ficam naquele joguinho de quem é mais orgulhoso, esperando o outro ceder. Eu sou da seguinte opinião, gostou? Vai falar com ela. Manda uma SMS, mulheres adoram isso. "Queria te encontrar de novo…" ou algo do tipo "Hoje foi demais.'' Nada muito exagerado, nada muito frio. Algo que a faça querer mais. Algo que faça existir uma outra oportunidade. Confesso que não sou muito fã de cinema, acho que ir no cinema pra beijar na boca é desperdício de filme e de dinheiro. Mas muitas meninas gostam, poderia ser um bom segundo encontro. Mas nada como um bar, restaurante, algum lugar que vocês possam conversar, conhecer mais sobre a vida do outro, rir, reparar cada detalhe, cada sorriso. Importante: falar sobre ex não é legal. Nós odiamos ouvir sobre o motivo do término ou o porque de tantas brigas. Isso só nos faz pensar que você ainda pensa na ex e que não superou o término. Fale dos seus estudos, do seu trabalho, seus princípios, tenha conteúdo e mostre isso a ela. Homens que sabem o que dizer e quando dizer, são encantadores. Um homem não precisa ser bonito, se ele souber falar tudo que uma mulher precisa ouvir… Ai ai!
 
Beijos na nuca, sussurros no ouvido.. Essas são armas fatais, usem e abusem. E ah, não fiquem beijando o tempo todo, nós nos sentimos usadas. Parece que vocês não querem ouvir ou saber nada da gente! É muito irritante, sério. Depois desse encontro, está extremamente permitido mandar uma sms de boa noite. Bem simples, mas que faça ela dormir pensando em você.
 
Agora não vou ficar especificando detalhadamente cada encontro, mas falarei de uma forma geral. Se você gosta dela e quer que isso dê certo, leia atentamente. Nós mulheres, gostamos de carinho e atenção. Não queremos que você seja um grudento que liga o dia inteiro pra saber se a gente está viva, não. Nós apreciamos detalhes. Uma mensagem de bom dia, uma ligação inesperada dizendo que está com saudade, conversar a noite antes de dormir.. 

Coisas que para vocês parecem tão pequenas e podem até soar meio tolas,  mas que para nós tem um valor enorme! Dê carinho à sua garota. Ande de mãos dadas, abrace forte e beije com vontade como se fosse a última vez. Não faça o tipinho ciumento possessivo, que tudo quer controlar e que tem ciúme de todos. O ciumento vê mais do que a realidade mostra. Confie nela, demonstre sua segurança. Mas de vez em quando mostre também que você se importa, mostre que você não é de ferro e tem ciúme sim. Tem ciúme porque ela é sua garota, linda, mas só sua. 

Quanto à fidelidade, eu acho assim: se você está com ela, é porque gosta e quer ficar só com ela. Se você tem vontade de sair e ficar com outras (só por uma noite, frisando), então deixe sua garota procurar alguém que a mereça. Porque ela merece respeito. Você deve respeitá-la. O que não quer dizer que os dois tem que viver em uma prisão domiciliar, não. Acho muito importante em um relacionamento cada um ter sua individualidade, um tempo com os amigos, um tempo com a família. Casais não precisam e não devem passar 24 horas grudados. Isso desgasta e enjoa, por mais que exista amor. Deixe que ela saia um dia com as amigas, não a proíba disso. Relacionamento maduro, onde a base é mantida pela confiança e pelo respeito mútuo.

Além de companheiro, seja amigo da sua garota. Conte a ela sobre seu dia, seus segredos, seus receios, medos, seus sentimentos. É muito importante que um casal esteja sintonizado, do tipo que um sabe o que o outro está sentindo. É muito confortável você saber que a pessoa que você ama é seu melhor amigo e que você pode contar tudo a ele. 
 

Por fim, sejam pacientes. Garotas são inconstantes, loucas, inseguras, medrosas e complicadas. Mas são lindas. Quando ela disser que você é um idiota e que não quer te ver nunca mais, apenas olhe nos olhos dela e diga "Tem certeza?" e dê um beijo. Quando ela estiver brigando, deixe que ela fale sozinha, e quando ela acabar diga "Você fica mais linda quando está com raiva, sabia?". Quando ela estiver se sentindo feia diga que você a acha maravilhosa de qualquer jeito, de qualquer forma. Diga que ela é a mulher da sua vida, todos os dias. Diga "Eu te amo" nos momentos em que ela menos estiver esperando… E ela vai ser pra sempre a sua garota.. 

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Tipo certo de garota errada

Contos e Crônicas
large-63

Sempre fui aquela garota errada. Aquele tipo certo de garota errada, sabe, um convite pra encrenca, uma chamada pra diversão. Nunca me importei com o que as pessoas iam pensar de mim, personalidade é algo que sempre valorizei. Acho que não devemos ter vergonha de ser o que somos, de dizer do que gostamos e confessar o que sentimos. E eu sou assim, errada. Erro tentando acertar, erro apenas por errar, erro porque de tanto errar já me acostumei.

Sempre fui aquela garota brincalhona, que fala na cara. Que não pensa duas vezes antes de dizer pra amiga que ela está gorda, ou dizer pro namorado que não o quer mais. Mal interpretada? Sempre fui. Mas eu não ligo, não mesmo. Acho isso uma coisa linda, queria é que todos fossem assim. Sem regular palavras, sem esconder sentimentos. Gostaria que as pessoas parassem com seus joguinhos inúteis e começassem a viver plenamente. 

Sempre fui o tipo de pessoa intensa. Que quer tudo muito, que quer tudo agora, que quer sempre mais! E me espanto com pessoas que vivem de "quases". Quase sentimentos, quase realizadas, quase felizes. Aqui é oito ou oitenta. Ou você me quer muito, ou você nunca me quis. Ou você vai comigo até o fim do mundo, ou nem me convida pra sair. Ou você me diz o que sente, ou vai embora. 

Prefiro pessoas de verdade. Pessoas que errem e riam de seus erros, pessoas inteligentes que saibam que erros são necessários para que possamos crescer e aprender. Pessoas que não vão te julgar pelo que você é ou pelo que faz. Quero pessoas de verdade que vivam todos momentos intensamente, que me abracem forte, que riam comigo até chorar e que joguem tudo pro alto e saiam por aí, apenas querendo ser feliz.

Porque na real? O mundo precisa de pessoas assim.

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Um dia vai dar certo, ah vai!

Contos e Crônicas
ps2
Um dia vai dar certo, ah vai. Mas antes disso vai dar tudo errado. Tudo. Você vai se decepcionar com as pessoas que mais gosta. Vai tirar notas ruins mesmo tendo passado a noite estudando. Vai brigar com a sua mãe e ouvir que você não faz o suficiente. Vai cortar o cabelo e achar que ficou horrível. Vai ver o namorado com a sua melhor amiga. Vai perder pessoas que ama.
Vai se esforçar para fazer ele feliz e não vai ser valorizada. Vai usar o seu melhor vestido e ele nem vai notar. Vai descobrir que aquela amiga "tão querida" nunca quis seu bem. Vai dizer um "eu te amo" e escutar apenas um "eu também". Vai tentar agradar a todos e mesmo assim ouvir pessoas que nem te conhecem falando mal de você. Vai descobrir que é impossível fazer sempre o certo e agradar a todos.
Vai perceber que erros não passam despercebidos e que as pessoas vão sempre te julgar. Vai cair de cara no chão. De novo. E de novo. Se machucar toda, carregar cicatrizes e achar que não consegue mais. E quando você não tiver mais forças, vai aparecer alguém para te dar a mão e te levantar. É ele. Deu certo.

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?