CATEGORIA: Outros

12 filmes para os 12 signos do Zodíaco

Vi essa matéria incrível no site Mundo Estranho, e tive que repostar aqui no blog, já que eu sou a louca dos signos. Vamos saber qual o signo que mais combina com a personalidade do seu signo? :)

Áries » Mad Max

Os arianos são os primeiros do zodíaco, portanto são os pioneiros, os mais impulsivos e, talvez, um pouco violentos às vezes. Por serem tão impulsivos, são do tipo que se entedia rápido, então os filmes de ação são a melhor escolha para esse signo. Mad Max é um filme pós-apocalíptico que envolve muitos conflitos e cenas empolgantes, um filme tipicamente ariano.

Touro » Pequena Miss Sunshine

Persistência (para não dizer teimosia) é a característica principal do signo de Touro (depois da gula) e essas são as marcas registradas da pequena Olive (Abigail Breslin) em Pequena Miss Sunshine. Olive convence toda sua família a atravessar o país em uma Kombi para que ela possa participar de um concurso de beleza infantil.

A menina carrega em si a persistência e a determinação do signo de Touro não só para vencer o concurso, mas também para entender que ser diferente das outras garotas não é problema nenhum.

Gêmeos » A Mentira

O signo mais comunicativo e duas caras do zodíaco precisava de um filme à altura de sua compulsão por mentiras, mesmo que grande parte delas seja contada para não chatear alguém ou como desculpa para não fazer alguma coisa (quem nunca, não é mesmo?).

Protagonizado pela querida Emma Stone, A Mentira conta a história de Olive, que era a típica estudante invisível do ensino médio até inventar que vai sair com alguém só para não ter que acampar com sua melhor amiga no final de semana. Para manter a mentira, logo depois ela diz que perdeu a virgindade com o tal garoto nesse encontro.

Marianne (Amanda Bynes), a crente da escola, escuta a história e espalha para toda a escola, onde finalmente Olive começa a ser notada. A situação piora quando ela aceita fingir que fez sexo com seu amigo gay em uma festa para que pensem que ele é heterossexual e parem de persegui–lo. Isso leva Olive a se tornar a vadia da escola e a mentir mais ainda em nome de vários outros garotos.

Câncer » A Malvada

O que dizer desse povo que vive num dos signos mais emocionais? Cancerianos são aqueles que protegem, que cuidam, que são praticamente uma mãe, mas assim… Não se confunda, a galera que vive debaixo da constelação do caranguejo tem um talento nato: manipulação emocional. Se eles sabem chorar, eles também sabem como te fazer chorar. Um conselho: não seja o crush dele, porque ele vai te fazer ser dele de um jeito que você nem vai perceber.

A Malvada (All About Eve) sintetiza esse ladro negro de Câncer, os choros falsos, os dramas, o controle e tudo o que se esconde por trás da carapaça do fofo-carente-triste canceriano.

Leão » Barbarella

Leão é o egocêntrico dono do show. Se as luzes acenderem, pode ter certeza que é ele que estará debaixo dos holofotes. Leoninos adoram ser o centro, mas isso não os torna impossíveis de amar. Muito pelo contrário, Leão é um dos signos mais românticos e leais e gostam de ter alguém dividindo o seu lugar ao Sol com eles (põe a cara no Sol, mana!).

Isto é, contanto que você lembre que o lugar é deles. Vocês juntos serão as rainhas do axé, mas já está bem claro quem será Ivete e quem será Claudinha, né?

Mas vamos ao filme: O que melhor sintetiza o fogo, a beleza, o poder, e o espírito de luta/honra dos leoninos do que Jane Fonda salvando o planeta Terra lutando contra alienígenas, sem sequer bagunçar um dos fios de seu cabelo loiro?

Seriedades à parte, Barbarella é basicamente uma comédia erótica, eu sei, mas vale a pena. É um grande fan service que tornou Jane Fonda um sex symbol dos anos 60. Além disso, é superdivertido para quando você não estiver procurando um filme muito “cabeça”.

Virgem » Sherlock Holmes

Criteriosos, detalhistas e perfeccionistas. Quem tem mais a ver com os virginianos do que o próprio Sherlock Holmes? Dividindo seu planeta regente, Mercúrio, com Gêmeos, Virgem tem um intelecto com precisão médica. Ele analisa, mas não idealiza.

Seu elemento é terra, então já se espera que a certeza e o concreto tornem-se símbolos de obsessão para ele. Eles não gostam de enigmas, mas gostam de resolvê-los , querem as respostas, querem a organização e querem tudo no seu devido lugar. Tudo isso converge da forma mais plena no personagem de Arthur Conan Doyle, que precisa – e consegue – decifrar os mistérios mais inexplicáveis, como o sumiço de um corpo de dentro de um caixão.

Libra » Eu Não Faço a Menor Ideia do Que Eu Tô Fazendo Com a Minha Vida

Conhecidos por serem inconstantes e muito indecisos, os librianos irão se encontrar na personagem Clara (Clarice Falcão), que, literalmente, não faz a menor ideia do que fazer da própria vida. Ela está cursando Medicina por pressão familiar, e não por vocação.

Clara acaba guardando esse sentimento pra si e começa a matar aula em um boliche, onde conhece um garoto (Rodrigo Pandolfo) que decide ajudá–la a se descobrir, fazendo Clara testar diversas profissões nas suas manhãs, enquanto mata aula.

Escorpião » Kill Bill

Escorpião, um signo de pessoas muito intensas, tão intensas que podem se tornar rancorosas, vingativas e defensivas demais. Que filme melhor do que Kill Bill para representar esse signo? No filme, A Noiva, uma assassina grávida, decide se casar e é traída pelo grupo de assassinos do qual fazia parte. Ao acordar de seu coma, cinco anos depois de ser atacada pelo grupo liderado por Bill, A Noiva quer se vingar das pessoas que quase acabaram com sua vida.

Sagitário » Curtindo a Vida Adoidado

O sagitariano é o tipo de pessoa que gosta de curtir a vida, que quer sempre se divertir ao máximo e se aventurar em viagens e descobertas. Se Ferris Bueller fosse real, com certeza seria um sagitariano. Ferris quer aproveitar cada segundo da sua vida, mesmo que, para isso, ele precise quebrar algumas regras. No decorrer do filme, três adolescentes fogem da escola e fazem tudo o que querem por Chicago, tentando não serem descobertos pelos pais.

Capricórnio » Psicopata Americano

Ambiciosos e persistentes, os capricornianos sabem que são destinados ao topo e não medem esforços para chegar até lá, mesmo que, para isso, precisem ser um pouco cruéis. Apesar de Patrick Bateman (Christian Bale) ser cruel demais quando encontra alguém melhor do que ele em sua profissão, ele acaba tendo muitas características de Capricórnio, como ambição em excesso.

Essa ambição faz com que ele tenha um apego excessivo às coisas materiais e ao dinheiro, além de, às vezes, uma pontinha de inveja daqueles que possuem mais bens do que ele.

Aquário » Weekend

O “emocionalmente não disponível”. O que dizer desses aquarianos que mal te conhecem, mas nunca vão te considerar pakas?

Brincadeiras à parte, Aquário gosta de se ligar a grandes causas e quer mudar o mundo. Ao mesmo tempo, não sabe lidar com o íntimo do campo sentimental.

Lógico e às vezes frio (a Elza do rolê), o aquariano mesmo assim busca entender o que é essa grande interrogação que são os sentimentos. Aquário se personifica nos personagens principais de Weekend – o nada ordinário “romance” entre Russel e Glen dá voz aos enigmas que cercam os aquarianos na vida e em seus relacionamentos.

Assim como Russel e Glen, o aquariano busca entender seu lugar no mundo. Ao mesmo tempo em que busca entender os outros e busca amor, ele teme a intimidade e tenta ser crítico/analítico com aqueles que o cercam. Em uma semana, os protagonistas do filme desconstroem, por meio de sua relação um pouco das emoções que os cercam e que cercam os outros.

Peixes » O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Um grande bola de emoções, sentimentos, e sofrimento. Piscianos sentem as dores do mundo e as suas próprias dores. Eles amam, choram, tentam impedir que os outros sofram e, por isso, sofrem junto. Se apegam com grande facilidade, o que, às vezes, pode ser inconveniente. Mas, nas situações adequadas, conseguem ser os melhores dos amigos.

Fantasiosos e cheios de imaginação, os piscianos têm no mundo seu palco. Portanto, quem melhor para explicar os sonhadores do que Amélie Poulain? Preocupada com o bem estar alheio, mas sempre perdida na sua própria visão de mundo, Amélie é um encarnação cinematográfica do que o pisciano idealizado é.

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Tudo sobre os Jogos Olímpicos

Oi gente, tudo bem? Como vocês devem estar cansados - mas animados, né? - de saber, os Jogos Olímpicos vão começar a rolar, YAY, e eu resolvi vim aqui dar algumas dicas pra vocês sobre tudo que vai rolar no nosso país nesse tempinho tão especial.

Assisto desde o ano passado os vídeos do Projeto O Brasil Inteiro Joga, que é uma série de vídeos falando sobre esse mundo dos esportes com os Youtubers favoritos de vocês. Alguns mostraram penteados criativos para usar durante partidas, ensinaram a fazer mini gol de PVC, teve #dica de look do dia pros jogos, e brincadeiras divertidas inspirados nos jogos. Vocês já assistiram algum deles?

Teve vídeo da Niina <3 dando dicas pra festinha em casa pra entrar no clima dos Jogos:

Teve a fofa da Bruna Vieira mostrando looks pra se movimentar:

Eles fazem parte do projeto e estão inclusos nessa! No site do projeto, uma coisa que me deixou com corações nos olhos é que existem mapas do Rio de Janeiro COM DICAS sobre os lugares mais legais para se conhecer durante sua estadia nos Jogos Olímpicos. Eu sou apaixonada pela cidade maravilhosa, vocês sabem, Juiz de Fora é bem pertinho, e eu sempre fui pro RIO desde pequena. E pra quem não conhece, isso vai ajudar bastante, ainda mais em um momento tão especial pro nosso país.

Ah! Durante os jogos, o canal Castro Brothers vai fazer uma cobertura especial soltando vídeos TODOS os dias, e claro, quem conhece o canal sabe que vai ser um conteúdo bem diferente do que se passa na TV. Estou ansiosa <3 amo o canal deles!

E pra finalizar, a minha última dica são os joguinhos divertidos que você pode jogar no site deles. Assim dá até para gente fingir que é atleta virtual! HEHE pelo menos assim, né? :D

E aí? Animados? :D

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

5 perfis do Instagram para quem ama viajar

Viajar é uma das coisas mais incríveis do mundo! E só quem é extremamente apaixonado por viajar e conhecer lugares novos e ao mesmo tempo é apaixonado por fotografias irá entender a necessidade de conhecer instagrams que podem nos dar dicas e mostrar lugares incríveis para servir como motivação para novos destinos. Planejei tirar um ano da minha vida para conhecer lugares novos e interessantes e selecionei alguns perfis do Insta que me ajudaram a montar o meu roteiro! Espero que vocês se apaixonem por essas fotos assim como eu. Se gostar, vale dar aquele clique no botão Follow né? :)

O perfil @beautifuldestinations possui 6,7milhões seguidores e mostra lugares lindos que você deve conhecer antes de morrer!! São fotos tiradas por vários fotógrafos pelo mundo todo e você também pode ter sua foto neste perfil através da hashtag #beautifuldestinations. Este instagram é uma verdadeira inspiração para fotógrafos profissionais (e amadores também) na hora de fotografar um destino novo.

O perfil da alemã Kristin Addis @bemytravelmuse possui 65,5mil seguidores e mostra suas viagens pelo mundo todo de forma divertida e atraente. Kristin já publicou 1.250 fotos e a maioria é de lugares verdes ou históricos. Perfeito para quem ama natureza e arquitetura antiga. Ela também possui um blog com dicas de viagens, caso queira ler aqui está: bemytravelmuse.

O @pedropavanato é Paulista e através do seu insta retrata a maravilhosa cidade de São Paulo (que é a minha maior paixão). Alguns de seus retratos em preto e branco são destaque de sua conta. Seu perfil possui 65,9mil seguidores apaixonados por sua forma diferente de mostrar SP.

Jodi Ettenberg é uma advogada de Indianapolis e dona do perfil @legalnomads que possui 79,1mil seguidores. Ela resolveu viajar e ter o foco totalmente na gastronomia e faz cliques de pratos típicos ao redor do mundo. Além dos cliques deliciosos, ela escreve sobre carreiras alternativas para advogados e faz cliques das cidades que ela vai.

A Melissa é uma garota tailandesa e se parece muito comigo por um simples fato: viajar sozinha! O perfil @girleatworld leva o nome de garota come o mundo (traduzindo do inglês) e é uma forma de registrar suas viagens junto com comida. Como ela adora viajar sozinha mas não é fã de selfies, resolveu registrar os pontos turísticos de onde ela foi com os quitutes mais legais e gostosos de cada lugar junto às paisagens do destino. O perfil possui 342mil seguidores. As fotos são incríveis! A ideia de combinar comida com paisagem foi algo que deu super certo e serve de inspiração para você, que assim como eu, não fica tão satisfeita com as selfies e não quer perder o clique do lugar lindo!

Qual perfil você mais gostou? Eu vou seguir a ideia da Mel e da Jodi hahaha! Se você tem um perfil de fotografia deixa o link nos comentários <3

Escrito por Anastacia Kaziuk

Estudante de Informática no Instituto Federal de Rondônia, 22 anos e blogueira. Escrevo sobre moda, culinária, decoração, viagens e o que vier na cabeça no blog anastaciakaziuk.com.br
Redes Sociais: @AnastaciaKaziuk

Já não sou aquela trouxa que você conheceu.

Apesar de não me importar mais, de qualquer explicação que você venha me dar não me convença, nem lhe vitimize de qualquer culpa, eu quero te perguntar por que você me traiu? Me traiu só por trair? Me traiu por que se sentia vulnerável e por que a gente não estava em uma fase tão boa? Me traiu quando na verdade não queria, mas o impulso foi maior que sua pessoa? Me traiu por que eu não tinha tempo pra você, é isso? Foi um soco no estômago. Você me destruiu, LI-TE-RAL-MEN-TE.

Eu não queria te deixar ir, e mesmo depois do nosso fim, eu continuava fazendo aquele meu velho papel de trouxa. Eu te cobrava, passava na tua cara tudo o que você não foi capaz de me dar. Eu me consumia, dia e noite. Perdia tempo, me desgastava por absolutamente nada. Você era irônico nas conversas. Se fazia de inocente, jurava de pés juntos que não fez nada por mal, e que a louca nisso tudo era eu, que a culpa de enxergar as suas canalhices e seu jeito escroto de ser, era exclusivamente minha. Você sempre o certo, sempre. Depois que acabamos, passei dias pensando em como não pensar mais em você, porque por mais que você tenha me machucado, era você quem eu achava que deveria ser. Depois que acabamos, juro, tentei me ausentar. Excluir o teu contato do WhatsApp, apaguei as suas fotos do meu celular, te bloqueei no Facebook e fingi que não lembrava do teu número. Só fingi. Tudo que eu queria era distância de você, não receber noticias tuas. Meus amigos me diziam pra deixar de ser trouxa. Eu pensava: ''Será que ele já encontrou outra pessoa?'', ''Será que está por aí, curtindo?''. Eu me preocupava com o que já nem tinha mais a ver comigo. Eu tinha medo de ver o cara que eu escancarei o peito e me permitir amar, com outra pessoa. Tinha medo de saber que o cara que eu achava foda, fodeu com tudo e já estava sorrindo com outra.

Pra honrar o título de papel de trouxa, voltei atrás, resolvi te desbloquear no Facebook, adicionei novamente o seu número em meus contatos, me arrependi de ter excluído as fotos da nossa última viagem pro litoral do nordeste. Perdi algumas noites só pra ficar observando a sua última hora de visualização. E se você estivesse online, já era o suficiente pra que eu me sentisse péssima. Pensava: ''Ele encontrou outra pessoa, fodeu pra mim!'' Era difícil admitir que o cara que me fazia sorrir, se transformou no cara que só me fazia chorar. Que o cara acordava do meu lado, poderia estar dormindo com outra, e o pior nisso tudo, não fez o mínimo de esforço por mim. É difícil admitir que o teu amor não quer ser mais teu, e que apesar das lembranças, não adianta insistir, porque quanto mais insistência, mais dor se acumula. Eu ficava sem saber o que fazer, se saia ou se ficava em casa mesmo, dormia mais cedo, sei lá. A impulsividade tomava conta de mim, eu achava que a tua ausência tinha que ser explicada, que o seu sumiço tinha que ser esclarecido. E novamente corria atrás de você. Era difícil aceitar os fatos e acreditar que o cara que eu amava foi mesmo capaz de acabar com tudo, esquecer de mim e além de tudo me culpar por isso. Eu achava que você não tinha o direito de me deixar enquanto houvesse amor em mim, mas a verdade é que você tinha. Eu que não tinha o direito de perder o meu tempo por tão pouca pessoa. Eu não me sentia satisfeita com a ideia de que você estivesse livre enquanto eu ainda me sentia tão presa. E mais uma vez eu me importunava, começava o dia com longas conversas que não davam em absolutamente nada, muitas perguntas não eram nem respondidas. Você me xingava, eu te xingava de volta. Eu iria pro trabalho sem paciência. Enquanto eu não me decidisse de uma vez por todas e seguisse em frente, eu sabia que continuaria ali, parada, confusa.

Eu me perguntava: ''Por que você fez isso?''. Você falou pra eu me virar com os meus sentimentos. Você falava em tentação, dizia que a carne era fraca, e que simplesmente, não podia fazer nada se alguém insistia em ficar com você. O tempo passou e as lições da vida apareceram. Eu amadureci, já não sou aquela trouxa que você conheceu, já não tenho aquela ingenuidade tamanha, e você tem um pouco de culpa nisso. Talvez você já nem seja o canalha de antes, duvido muito, mas vai saber. A vida vai te mostrar quem fez a escolha errada e por favor, não a culpe se alguém te decepcionar como você me decepcionou, porque estarei aqui pra provar que oportunidades você teve, só não soube aproveitar. Você poderia ser o amor da minha vida, mas preferiu ser a minha maior decepção. Eu sigo em frente, caminho reto, sem nem olhar pra trás. As perguntas que um dia te fiz e ficaram sem respostas, deixa pra lá, já nem me importam mais.

Escrito por Iandê Albuquerque

Tenho 24 anos, apaixonado por cafés, seriados e filmes de romance, mas amo cervejas e novelas se houver um bom motivo pra isso. Dramático, intenso e extremamente intuitivo. Leio horóscopo, sorrisos e corações partidos. Escrevo sobre casos, por acasos e acasos do amor, sobre boas lembranças e péssimas escolhas.

Comentando a 4ª e a 5ª temporada de PLL!

Oi, gente!

Essa semana, eu e a Bebela resolvemos fazer um esquema um pouco diferente na coluna. Como comentei com ela que estou num período muito tenso de volume de trabalho, e estava com dificuldade de parar para escrever uma coluna legal, ela sugeriu que eu publicasse aqui o vídeo novo do meu vlog, que gravei no final de semana e está entrando no ar hoje.

Para vocês entenderem, eu tenho um site sobre séries, o Halo Desfocado, que você pode conferir clicando aqui. E uma das formas de conteúdo do site, além das colunas escritas por diversos fãs que fazem parte da equipe, é o vlog, onde eu comento algumas séries em vídeo. Abaixo, então, deixo para vocês o dessa semana.

Falei sobre o final da 4ª temporada de Pretty Little Liars, e o início da 5ª. Li alguns comentários que foram feitos num tópico que abri no facebook, e respondi perguntas. Espero que gostem, compartilhem com seus amigos e inscrevam-se no canal!

Obrigada, e até semana que vem!

Fernanda Schein
Twitter | Facebook | Instagram

Escrito por Fernanda Schein