CATEGORIA: Banheiro Masculino

Banheiro Masculino: Eles dão mole mesmo estando namorando? Hora de saber!

O assunto de hoje é polêmico, muito polêmico. Dessa vez resolvi perguntar aos meninos como eles reagem diante de algumas investidas quando estão namorando. Eles correspondem? Mantém estepes? Namoram a fulana, e conversam com mais 10 ciclanas? Hora de saber!
Conheça os participantes:
Vyktor Berriel, 24 anos, mora no Rio de Janeiro, e é do signo de peixes. Tá reconhecendo essa carinha? Pois é. É ele mesmo. Aquele da zuera do twitter. Siga no Facebook/Twitter
 Daniel Figueira Daniel figueira, 30 anos, biólogo, faz mestrado em zoologia na UFRJ. Apaixonado por filmes e séries. Tem como bicho de estimação uma aranha. Chato e implicante ao extremo. Espera ajudar as meninas a entender um pouco do que os homens pensam. Leonino, mora no Rio de Janeiro. Siga no Facebook/Twitter
Fabrício Menna 27 anos, mora no Rio de Janeiro, é Desenvolvedor Web e obviamente viciado em internet. Procura tudo no Google e é metido a faz-tudo. Chato, cabeça dura e ranzinza, gosta de resolver tudo na base da conversa, mesmo que acabe na clássica gritaria italiana. Não sabe tudo sobre mulher, mas tá aí pra aprender. Siga no Facebook/twitter
Oscar Filho 24 anos, mora onde você quer passar suas férias (Fortaleza, claro) e cursa publicidade. Viciado em filmes, seriados e internet, também é apaixonado por futebol e música. Do signo de Leão, gosta de estar sempre na boa companhia dos amigos e é um pouco tímido. Como é veterano daqui, é bom respeitar! haha Siga no Facebook/Twitter
* Alguns participantes não puderam comparecer essa semana! 
 
Prontos?
 
1- Se uma mulher vem dar em cima de você pela internet, voce dá corda? Seja sincero. 
 
Dou corda pra ver até onde vai, mas nem levo nada pra frente. Tenho namorada há bastante tempo e uma vez ou outra, no meio do assunto, eu acabo mencionando ela. Se a menina continuar, pelo menos serve pra saber que é vagabunda. Mulher que dá em cima de homem comprometido nem pode reclamar de fidelidade depois. Ah, vice-versa também.
 
 
 
Depende muito de como esta o relacionamento. Se ele estiver ruim e eu achar que não tem nenhuma chance de dar certo, eu dou corda sim. Falei dar corda no sentido de ficar conversando, não de retribuir o mole. Se o relacionamento estiver bom e eu estiver feliz, eu falo pra menina que tenho namorada e que nao gostaria desse tipo de conversa, se ela continuar eu dou uma cortada. Só queria deixar claro que um relacionamento ruim não é uma briga ou qualquer desentendimento e sim um relacionamento falido.
 
 
 Antes de responder as perguntas, um mea culpa: "com os relacionamentos anteriores aprendi..." (já dizia o Orkut) a não vacilar mais. Mas foi só depois de ver o mal que isso pode fazer a alguém (quem quiser mais detalhes pode me procurar que eu conto). E eu não achava certo nada do que escrevo abaixo, só não via a dimensão disso tudo (afinal, sabe como é tesão...), e continuava errando. Aprendi que sou capaz de não fazer certas coisas (ainda não testei por muito tempo, mas acredito que sim). Antigamente daria. Não no começo do namoro, aonde tá todo mundo cego e hiper-apaixonado... Nessa hora ninguém nem lembra que o mundo existe. Do meio pro fim do namoro é que a coisa pesa e essas coisas "podem" passar a acontecer. Mas achava que se n acontecesse nada além de uma conversa, não seria problema. Em certos momentos de insegurança é bom se sentir desejado, todo mundo gosta. E quando não é a mente que tá no controle...
 
Primeiramente, só vou responder as perguntas do BM dessa semana na presença do meu advogado! Hahah Mas então, como eu nunca namorei, não tenho como responder tão especificamente essa pergunta, mas acho que não daria corda não. Se eu estou com uma pessoa, quero estar com ela e não preciso ficar dando bola pra outras meninas. As consequências da internet podem ser bem grandes, e não adianta esconder. Apenas não é necessário!
2- Se uma garota da sua sala se insinua pra cima de voce, ela é bonita, como você reage?
 
Cara, sei lá como reagir. Eu sou meio tonto pra perceber essas coisas, provavelmente nem notaria. Se fosse algo muito explícito, provavelmente desconversaria, sei lá.
 
 
 
Eu geralmente brinco muito, então eu vou levar na brincadeira. Se eu ver que foi sério e ficar instigado vou acabar evitando a pessoas porque eu acho que a fidelidade é um dos alicerces de um relacionamento. Então não daria corda não.
Não tenho mais sala, pois FINALMENTE me formei, mas quando tinha, não dava trela. Na faculdade, não. Lugar público, não. Podia até acabar por dar uma abertura ou outra via internet, mas não faria nada.
Quando a aproximação é maior assim, é mais complexo. Todo mundo sabe que tem aquele papo de que a carne é fraca e etc, mas quando você não quer, não vai acontecer. É com eu disse antes, se eu estou com alguém eu não preciso querer outra pessoa. Não vou ser hipócrita e dizer que não aparece aquele pensamento malicioso, de imaginar como seria e etc, porque ele aparece. Mas dai a gente deita no travesseiro e pensa quão maravilhosa aquela pessoa que está com você é e que você não precisa acabar com aquilo tão legal por uma diversão.
3- Mantem conversas com outras mulheres (whatsapp, facebook, mensagens), quando está namorando?
Sim, qual o problema? Minha namorada é linda e maravilhosa e não tem porque se sentir ameaçada por amiga de internet. Ela não reclama de nada, nem fica paranóica procurando histórico de conversa minha com outras meninas. Se não tem confiança, relacionamento nenhum vai pra frente.
 
    
 
 
 
 
Eu converso mais com mulheres do que com homens, ento estando ou nao namorando, vou sempre estar conversando com meninas, minha namorada goste ou nao. Esse e o meu jeito e ela vai ter q respeitar isso. Tenho muitas amigas sem ter nenhum interesse físico com elas, nao vejo problema em ficar conversando.
 
 
 
Sim. Alô, as pessoas tem amigas independente do sexo delas! Mas fora isso, algumas pessoas vão além dum simples flerte, acabam virando amigas, também. Amigas com interesse, mas não tem motivo pra se afastar, se não chegar a ser um desrespeito com quem se está junto. Claro, outras só querem a sacanagem mesmo, e essas tem que ser cortadas ou se enquadrar, mas não, muitas vezes eu não cortava.
 
Li uma frase esses dias que era mais ou menos assim: "Mudar o status do relacionamento no facebook é fácil. Quero ver dar o celular pra ver o histórico do whatsapp". hahahah Porra,todo mundo tem uma vida "além" de um relacionamento. Amigos, amigas, colegas, pessoas do trabalho, grupos... Não é porque você tá namorando que você vai se excluir do mundo. Não sejamos hipócritas e digamos que você viver pro namoro, porque não é verdade. Você tem a suas coisas e as suas conversas normalmente como sempre teve. Obviamente, você vai se conter mais em alguns papos, deixar um pouco de lado alguns grupos, mas no geral as conversas vão continuar. Não é porque eu troco ideia com alguma menina que eu vou trair minha namorada com ela. O mundo não é tão paranóico assim, ne? Não vivo numa bolha com a namorada pra deixar todas as minhas atividades do lado de fora, é normal você conversar com as pessoas. Dá no mesmo do que você se encontrar numa mesa de bar com amigos pra conversar. Quando eu tou la, eu vou trair? Não! E porque no virtual eu vou? Ainda não inventaram uma tecnologia pra isso eu acho. … só deixar de ficar pensado besteira e viver a vida.
 
 
4- Sente desejo por outras mulheres, olha quando passa na rua? 
 
Depende o que se entende por "desejo". É óbvio que se eu ver alguma mulher bonita na rua eu vou pensar "nossa, como ela é bonita", mas desejar desejar desejar do tipo "PORRA IMAGINA MINHA PIROCA NESSA BUNDA" é bem difícil. Pra ter uma noção, eu nem consigo olhar direito pra mulher na rua, desejando tipo pedreiro, saca? Acho meio constrangedor aqueles caras que ficam comendo a bunda da mina com o olho quando ela passa, ou que encara o decote sem nenhum tipo de limite.
    
Lógico que sinto, se vejo uma mulher gata na rua ou uma mulher gostosa ,olho sim, não vou ser hipócrita. Porém não vai acontecer nada além de olhar e apreciar. Não é porque eu to namorando que não vou achar uma mulher gata.
Não olho no estilo "pedreiro" nem quando tô solteiro, imagina namorando. Mas se acho alguma mulher bonita (não chega a ser um desejo, tipo "te quero com mel", é mais uma coisa "olha... que pessoa bonita!"), até mostro pra namorada. E não me incomodo se fizer o mesmo. Basta ter bom senso.
Quem diz que não olha pra outras mulheres bonitas que passam tá mentindo, sério. … instintivo masculino, pô. Quando passa alguma menina bonita, charmosa, bem arrumada, você fatalmente vai olhar. Mesmo que discretamente, mas vai. Ou você fecha o olho? Olhar não arranca pedaço não! Mulheres também olham pra homens e etc. … normal eu acho!
Já sobre sentir desejo, acho que depende. Acredito que pro homem isso aconteça mais vezes, mas quando você encontra meio que um "padrão" de mulher que você curte, você imagina alguma situação. Acho que sentir desejo não é nada demais. Desejo passa e no final das contas quem vai suprir esse seu desejo é a sua namorada. A imaginação das pessoas é bem fértil e pode viajar nas mais diversas coisas, mas isso não significa que você não gosta mais da menina que você tá ou algo assim. Não precisa ser tão rígido nesse pensamento. Como eu já falei antes, a gente não vive numa bolha e é preciso conviver com várias situações do dia a dia. As vezes esse desejo ou admiração por outras mulheres, pode ser até um ponto de partida pra você melhorar o seu relacionamento, pra você se entender e entender como ser melhor com a sua namorada. Enfim... também não precisa ficar paranóica com esse lance, pensar não mata!
5- Voce mantem ''estepes'' quando esta no relacionamento? Do tipo, cozinha uma garota ali, caso nao de certo teu namoro, pra vc ter alguem a quem recorrer?
 
Cozinhar estepe é a maior furada. O cara que entra no relacionamento já pensando em como vai ser quando terminar, provavelmente vai fazer cagada no meio do caminho. Se você é inseguro ao ponto de planejar uns estepes, então é melhor nem começar o namoro. Pega uma a cada semana, que o custo-benefício é maior.
    
Essa coisa de estepe é complicada, todo mundo tem algumas pessoas que ela se relacionaria e sabe que a pessoa se relacionaria com ela. Manter esse contato pode ser considerado ter um estepe, se for entender assim, pode ser que eu mantenha. Mas o contato nao quer dizer que eu darei mole pra ela só pra ela nao sair da minha. Vou manter o contato como sempre mantive. Com mulheres que eu já fiquei as coisas ja são diferentes, elas eu consideraria como um estepe. Com essas eu acho melhor só falar o necessário, se elas se insinuarem eu corto.
 
Os "casos mal resolvidos" continuaram mal-resolvidos. Alguns ganhavam mais atenção com o passar do tempo. E quando a coisa estava ruim, rolava aquele pensamento "se tivesse com a pessoa X, não passaria por isso". Algumas vezes a pessoa X ficava sabendo desse pensamento, mesmo que fosse só pelo desabafo.
hahahahhahaha Eu parto do princípio, e sempre falei isso pra todo mundo que eu conversava sobre, que todas as pessoas, sejam homens ou mulheres (no caso da mulher É BEM mais fácil), tem alguém que é só chamar, estalar os dedos, ligar, mandar sinal de fumaça, que a pessoa tá lá pra te "satisfazer". Mulher consegue ter isso bem mais fácil porque geralmente na nossa cultura ainda é o homem que sempre vai atras, então se você é ajeitadinha vai ter pelo menos uns 2 lá que você estala os dedos e eles vão correndo. Agora quando está num relacionamento a coisa muda um pouco. Você não mantém, mas um dia você teve aquela pessoa lá. Não vai ser difícil buscar uma conversa e voltar a ter de novo, entende? Ficar de papinhos mais íntimos, de conversinha furada e tal acho que não rola. Se algum dia por um acaso a menina vir essas conversas, vai dar merda. Então melhor deixar isso pra quando você está solteiro. Afinal, se eu estou com alguém, é porque eu quero estar com esse alguém. Não preciso ficar pensando em ter uma "reserva" pra quando acabar.
 
 
E aí, o que acharam? Achei que eles fizeram muita média pro meu gosto hein... Cadê a sinceridade? A gente sabe que vocês (pelo menos a maioria) dão papo pra tudo que é puta que aparece por aí, pode falar.

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Banheiro Masculino - Depilação Feminina

Depois do episódio da Playboy da Nanda Costa, e de suas partes íntimas nada depiladas... Nada mais justo do que um Banheiro Masculino abordando o assunto, não é mesmo? Perguntei aos meninos na cara dura suas preferências e eles responderam tudinho. Vamos lá?
Conheça os participantes:
Kaliel Pinheiro É, ele mesmo. Aquele porco que só fala merda no twitter resolveu falar sério aqui no blog. Siga no Facebook/Twitter
 Daniel Figueira Daniel figueira, 30 anos, biólogo, faz mestrado em zoologia na UFRJ. Apaixonado por filmes e séries. Tem como bicho de estimação uma aranha. Chato e implicante ao extremo. Espera ajudar as meninas a entender um pouco do que os homens pensam. Leonino, mora no Rio de Janeiro. Siga no Facebook/Twitter
Lucas Salles aprendeu a ler e escrever com três anos de idade. Total conhecedor da China antiga, Lucas Salles já foi Julios César, Cachrinha, Cazuza e Ella Fitzgerald em outras vidas. Hoje, Lucas Salles é dono de uma das maiores redes de petróleo no mundo, a WebJatoDePetróleo. 20 anos, ariano, mora no Rio de Janeiro. Siga no Facebook/Twitter/Tumblr
Fabrício Menna 27 anos, mora no Rio de Janeiro, é Desenvolvedor Web e obviamente viciado em internet. Procura tudo no Google e é metido a faz-tudo. Chato, cabeça dura e ranzinza, gosta de resolver tudo na base da conversa, mesmo que acabe na clássica gritaria italiana. Não sabe tudo sobre mulher, mas tá aí pra aprender. Siga no Facebook/twitter
Oscar Filho 24 anos, mora onde você quer passar suas férias (Fortaleza, claro) e cursa publicidade. Viciado em filmes, seriados e internet, também é apaixonado por futebol e música. Do signo de Leão, gosta de estar sempre na boa companhia dos amigos e é um pouco tímido. Como é veterano daqui, é bom respeitar! haha Siga no Facebook/Twitter
Prontos?
 
 
1) Encara se não estiver depilada?
 
Kaliel Pinheiro 
O cara sempre acaba encarando né? Essa não é uma coisa que dá pra conferir antes de começar a agir. Tipo "Pô, a gente vai transar né? Mas deixa eu ver
uma coisa primeiro abaixa ai sua calça. "ihhhh tá peluda.. acho que não vai dá certo". Ninguém faz isso (espero que não [não façam]) Mas se o cara vai encarar com gosto ou não aí já é outra história.
 
Daniel Figueira Tranquilamente, o foco de interesse afinal não são os pelos. Acredito que todo homem quando está perto de chegar ao sexo não se importe com isso. Se alguns homens mentem e são capazes até de dizer que amam para conseguir sexo, vocês acham que nos preocuparemos com alguns pelos a mais? Fiquem tranquilas meninas, se a oportunidade surgir e vocês estiverem despreparadas, aproveitem sem neuras.
Lucas Salles Putzzzz. Depende muito da mulher e da higiene íntima dela. Mas, acho que sim. Afinal, cê tá de cara pro gol. Não dá pra chutar pra fora! 
Fabrício Menna Depois que subiu no palco, não tem jeito, tem que fazer o show. Não dá pra "sair fora" na hora h por causa disso, mas é sempre bom dar um toque "com jeitinho" sobre as preferências. Já aconteceu de a situação estar complicada, com alguém que eu tinha abertura pra falar claramente, e aí eu mesmo dei um jeito pra ela... Mas o importante mesmo é estar limpinha...
Oscar Filho hahahaha... É até engraçado isso. Vamos fazer uma comparação com a barba masculina, certo? Umas gostam, outras não... Umas relevam isso e continuam, outras evitam. Acontece!
Mais uma comparação? Vamos lá.... A Nanda Costa que saiu na Playboy recentemente, vocês não queriam? Não pegariam? hahaha Para, né?  Tipo... é claro que a maioria dos homens gosta que esteja tudo certinho, o gramado aparadinho, até com uns desenhoszinhos de vez em quando, vai. Mas não é porque você esqueceu de passar o cortador de grama lá que eu não vou terminar o que comecei. Em exceções, claro, quando além do gramado alto, tiver alguns odores. Pior que não se depilar é não ter o lugar limpinho, direitinho. Tendo cuidados com a higiene pessoal, não é mais pelo ou menos pelo que vão fazer com que a coisa não aconteça.
 
 
2- Qual seu estilo preferido? E qual é aquele que não te agrada muito?
 
 
Kaliel Pinheiro 
Isso de estilo varia muito. Mas nunca fui muito fã de pelo  pra que serve essa merda afinal, caralho muito ruim!!!!!! O que mais me agrada é o peladinho total.
E o que não agrada é o oposto disso né? Se o cara quisesse desbravar uma mata atlântica adivinha onde ele estaria, isso mesmo, na amazônia.
 
 Daniel Figueira Eu particularmente gosto do famoso bigodinho de Hitler. Em relação aos outros, não gosto muito de totalmente depilada, me remete a uma criança. Mas não é por isso que vou deixar de transar com a pessoa.
Lucas Salles Liso. Sem pelo. Acho que o pelo acaba atrapalhando. Já foi o tempo que isso era moda! Abraços, Cláudia Ohana! Mas, se for para falar sobre o que realmente não me agrada, eu digo logo de cara: pelo. Muito pelo é muito ruim. Sério. Não conheço nenhum homem que curta pelo nas regiões baixas. 
Fabrício Menna 
Estilo Nanda Costa, ou com trancinhas. Adoro um matagal! Mentira... O famoso moicano (de pelos curtos, por favor!!!). 
Quanto a não agradar, antigamente eu tinha restrições com "sem nada", por parecer uma coisa meio pedófila, hoje é mais normal. Só tenho problema de verdade com pelos  longos, ou pelos na dita cuja e na virilha em si. O que tá acima é "tranquilo" (desde que curto), só n da pra sair da situação parecendo que estava beijando sei lá, um saco de bombril...
Oscar Filho Acho que não tenho um estilo preferido. Na verdade eu gosto com pouco, não sem nada, pouco. O "caminho da felicidade", "bigodinho do hittler", "marca do penalti"... como vocês preferirem chamar aí! kkkk
Já o que não me agrada é quando não cuida, deixa o arbusto lá grandão! Como eu falei antes, não é por isso que vou deixar de fazer alguma coisa, mas não é tão legal, né?
 
 
 
 
 
3- Acha feio mulheres que não depilam suas pernas? Reparam nisso?
 
 
Kaliel Pinheiro 
Mais uma vez vai depender, se for aqueles pelos loirinhos bonitinhos não tem problema não, agora se a perna da mina parece a sua com aqueles pelo preto grossseiro 
pra caralho puta que pariu né eu não iria reparar se você se chamasse CARLOS HENRIQUE
 Daniel Figueira Não acho feio mas...Nada melhor do que passar a mão em uma perna bem lisinha. Eu reparo sim e prefiro as lisinhas.
Lucas Salles Sim, acho feio. Parece que eu estou pegando um homem. Não sou muito de ficar reparando mas, se por um acaso eu perceber, é uma das possíveis coisas que eu ficaria incomodado.
Fabrício Menna Tenho uma certa frescura com tudo que é pelo preto. Se for claro, é tranquilo...  Reparo em tudo, sou muito detalhista, tem ate uma amiga de quem encho o saco por causa de pelos pretos no braço. Mas n vou deixar de ficar com ninguém por isso. Seria frescura demais!
Oscar Filho Depilar a perna não é uma coisa normal? o.O
Tudo bem que tem meninas que tem um pouco mais de pelos nas coxas, dai fazem aquele lance de "banho de lua" (acho que é isso) pra deixar os pelos loirinhos. Dai elas só depilam até os joelhos e deixam a parte das coxas com pelinhos. Tem algumas meninas que isso fica MUITO estranho, não sei explicar direito, mas visualmente não é legal. Já em outras, fica bonito até... Acho que isso depende do tom de pele.
Não sei se é pela dor, se é porque gostam, não sei... Mas acho que deviam sempre tirar tudo das pernas. Ou então, se forem deixar, que deixem uniforme, aparem por igual tudo. Não é uma coisa que eu vou reparar sempre, mas em algumas situações fica mais evidente. O que não da mesmo, é ficar que nem homem, né? Porfavor!
4 - Sobrancelhas, vocês reparam nos detalhes?
 
 
Kaliel Pinheiro Pra ser sincero não vejo nem diferença. 
 Daniel Figueira Eu só reparo se for uma mono celha  fora isso não reparo muito. Tenho amigos que raparam e acham hiper importante mas pra mim é um detalhe quase que insignificante.
Lucas Salles Nunca. Na boa, sobrancelha é uma parada que eu NUNCA vou reparar! Sério! Nunca vou reparar mesmo! Por isso, não sei mesmo responder essa pergunta!
Fabrício Menna Reparo, não dá pra ficar olhando pra uma pessoa com duas taturanas na testa te encarando, né?! Faz muita diferença no rosto da pessoa, nas expressões...
Oscar Filho Tem menina que até fica com raiva se você não repara que ela fez a sobrancelha! hahaha Não sei, as vezes da pra perceber, as vezes não... Depende do nível de intimidade que você tem com a menina. Se quer ganhar alguns pontos com ela, você repara logo em tudo. E aqui, é o mesmo caso das demais perguntas acima: em excesso, não é legal! Todo mundo gosta de estar com alguém que se cuida, então, é bom ficar ligada nisso. A gente agradece! :D
E aí o que acharam gente?
 
 
Quero ver a opinião de vocês (homens, mulheres) nos comentários, e sugestões pro próximo BM! Beijo beijo :) Leia os Banheiros Masculinos anteriores aqui

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Banheiro Masculino - Sexo e virgindade

Hoje tem Banheiro Masculino, preparados para ouvir algumas verdades?

Conheça os participantes:

Kaliel Pinheiro É, ele mesmo. Aquele porco que só fala merda no twitter resolveu falar sério aqui no blog. Siga no Facebook/Twitter

Daniel Figueira Daniel figueira, 30 anos, biólogo, faz mestrado em zoologia na UFRJ. Apaixonado por filmes e séries. Tem como bicho de estimação uma aranha. Chato e implicante ao extremo. Espera ajudar as meninas a entender um pouco do que os homens pensam. Leonino, mora no Rio de Janeiro. Siga no Facebook/Twitter

Lucas Salles aprendeu a ler e escrever com três anos de idade. Total conhecedor da China antiga, Lucas Salles já foi Julios César, Cachrinha, Cazuza e Ella Fitzgerald em outras vidas. Hoje, Lucas Salles é dono de uma das maiores redes de petróleo no mundo, a WebJatoDePetróleo. 20 anos, ariano, mora no Rio de Janeiro. Siga no Facebook/Twitter/Tumblr

Fabrício Menna 27 anos, mora no Rio de Janeiro, é Desenvolvedor Web e obviamente viciado em internet. Procura tudo no Google e é metido a faz-tudo. Chato, cabeça dura e ranzinza, gosta de resolver tudo na base da conversa, mesmo que acabe na clássica gritaria italiana. Não sabe tudo sobre mulher, mas tá aí pra aprender. Siga no Facebook/twitter

Oscar Filho 24 anos, mora onde você quer passar suas férias (Fortaleza, claro) e cursa publicidade. Viciado em filmes, seriados e internet, também é apaixonado por futebol e música. Do signo de Leão, gosta de estar sempre na boa companhia dos amigos e é um pouco tímido. Como é veterano daqui, é bom respeitar! haha Siga no Facebook/Twitter

Prontos?
1- Idade influencia? Você tem alguma preferência? Mais novas, mais velhas?

Kaliel Pinheiro: Acho que tanto faz, a questão da idade vem mais com o propósito do relacionamento, pessoas que procuram algo sério

estão atrás de pessoas que combinem com elas, com quem possam dividir experiencias e que estejam na mesma fase da vida que elas estão.
Um ano ou dois mais nova ou mais velha acho que é o ideal, mas como eu disse, tudo depende do propósito.


Daniel Figueira: Eu acredito que idade não influencia em nada. Recentemente namorei uma “menina” de 35 anos e a imaturidade dela acabou com o relacionamento. Também já fiquei com meninas de 16 anos que davam baile de maturidade nas mais velhas. Em relação à preferência, eu prefiro as meninas mais novas. Não gosto da rigidez dos relacionamentos com pessoas mais velhas. Elas tendem a achar que você é o cara pra casar sem nem ter namorado. Logicamente toda regra tem uma exceção, mas essa é a minha opinião.

Lucas Salles: Idade não influencia. Maturidade, sim. Não tenho preferências, mas conteúdo me comove. Enquanto há mulheres de dezoito anos que curtem Johnny Cash, há mulheres de trinta anos que curtem Chiquititas. Nada contra! A questão é gosto. Até porquê a gente não manda no coração. Se um dia eu me apaixonar por uma mulher de trinta anos que curte Chiquititas, eu vou respeitá-la. É óbvio que eu não vou aceitar, mas vou respeitá-la!

Fabrício Menna "Eu si amarru nár novenha!". Mentira, não tenho preferência. Idade influencia mais na questão da liberdade, independência e planos que a pessoa tem. A tendência é que dificulte um namoro. Fora esse fim, a idade é só um número, desde que haja cabeça. E apesar de depender da pessoa, meninas, na minha opinião, amadurecem mais rápido que meninos, o que facilita uma mais nova ter boa cabeça...



Oscar Filho: Bom, é mais do que claro já pra maioria das pessoas que a idade não influencia. Temos gente de 15, 16 anos com mais perspectivas, inteligência e sensatez do que gente de 25+. Assim como temos o contrário também. Na verdade, temos que conhecer bem a pessoa e interagir com ela pra sabermos como que é. Eu particularmente gosto de pessoas que conversem comigo, que tenham conhecimento de mundo e que saibam argumentar sobre os mais diversos assuntos sem falar besteira. Tem gente que é meio "monotemática", só consegue falar de uma coisa, ou então não se interessa pelo que acontece a sua volta e fica amarrada no mundinho dela ali. Independente se é nova ou velha, o que vale é a forma como você age e conversa. Idade é o menos importante!

2- E a regra do terceiro encontro? Acham necessário? O que vocês tem a dizer sobre isso? (sexo só depois do 3 encontro)

Kaliel Pinheiro:

Isso aí é bobagem, não existe (ou pelo menos não deveria existir) data certa pra isso. A hora certa é a hora que os dois quiserem que seja.

Quando estão mais a vontade um com o outro, pode ser no primeiro encontro pode ser no décimo encontro, nunca se sabe. Definir datas, combinar, tira toda a ''parada'' do negócio (que frase sensacional) deixa tudo muito mecânico e automático, o que não é bom nunca.

Daniel Figueira: Essa regra é muito estranha. Se a pessoa tiver vontade de transar no primeiro encontro, porque não? Esperar fazer 3 encontros pra transar pode trazer mais intimidade e a menina se sentir mais a vontade porem o cara pode ficar de saco cheio e não esperar os 3 encontros. Eu não ligaria de esperar 3 encontros, só acho desnecessário.

Lucas Salles: Se eu sair mais de três vezes com a mesma garota, é porquê eu estou gostando dela. Aliás, eu sou muito ansioso. É capaz que eu queira fazer coisas que são permitidas só após o terceiro encontro. Mas estou melhorando isso! De verdade. Porém, eu também sou a favor do pensamento "deu vontade, faça"! Acho que quando a vontade é natural e orgânica, tanto faz se é o primeiro encontro ou se é o quinquagésimo segundo! Deu vontade, faça. Mas faça seguro.

Fabrício Menna Gosto de quebrar essa regra. Faz bem pro ego. Falando sério, acho que não tem que ter regra nenhuma. Se você se impõe uma regra, não está sendo você mesmo, e isso pra mim é o que importa, não jogar. Óbvio que não precisa sair por aí dando pra qualquer cara que ficar só pra ser "a rebelde" (o que também pode, se quiser? Cada um faz o que quer). Mas se tá rolando aquele clima, por que não? Todo mundo tem direito a sentir prazer... Se o cara sumir depois disso, ele provavelmente sumiria de qualquer jeito, questão de tempo. Isso poderia ser até um motivo pra ele ficar (aviso: não faça isso pra prender homem).

Oscar Filho: Pra ser sincero eu nunca tinha ouvido falar nessa regra (até que a Bela me explicou). E pra ser sincero de novo, não existe regra pra isso! hahaha Sério, não dá pra ter uma fórmula mágica quando se fala em encontros. Isso varia muito! Depende da intimidade que você tem e cria com a pessoa, de como aconteceu, das conversas. Muitas vezes você já vai intencionado a fazer algo e acaba não fazendo. Assim como você pensa que não vai fazer, mas acaba acontecendo. Acho que nesses casos, tudo depende do que acontece nos momentos que vocês estão juntos e do clima que se cria.

3- Meninas virgens é uma preferencia ou algo a se evitar?

Kaliel Pinheiro: Depende, tem cara que encana com isso de virgindade porque realmente dependendo das intenções dele pode acabar virando uma dor de cabeça.
Preferencia não deveria ter muito a ver com o ''estado'' em que a pessoa se encontra, e sim com a própria pessoa em si, se é virgem ou não de que importa? Se no fim estiverem os dois felizes no mesmo barco (ou na mesma cama :D) já basta.

Daniel Figueira: O assunto “meninas virgens” é muito delicado. Eu perdi a virgindade com uma menina virgem, demorei 2 anos pra conseguir isso. Eu queria que fosse tudo lindo e maravilhoso e realmente foi. Acredito que a pessoa que for se relacionar com uma virgem deve respeitar o tempo dela. Como eu disse anteriormente, já esperei 2 anos para tirar a virgindade de uma menina mas também já esperei apenas 1 mês.Então o cara tem que saber que a menina é virgem e que ali as coisas são diferentes. Eu acho maneiro que a menina se valorize e não faça isso de qualquer maneira. Porque deve ser bem ruim lembrar essa ocasião e ver que você perdeu sua virgindade com um babaca.Eu não prefiro e não evito, só vou saber isso na hora que me relacionar com a menina.

Lucas Salles: Evitar? Claro que não. Graças a Deus, virgindade não é mais um tabu. Hoje em dia virou tesouro. Se há uma mulher que espera por esse momento para realizá-lo com o homem certo, essa mulher deve ser valorizada. Não estou falando que as mulheres que não esperaram para dar para o homem certo não devem ser valorizadas. Elas deram porquê quiseram dar! E estão certas! O que eu quero dizer é que sendo ou não virgem, a minha preferência é por mulheres que se cuidam intimamente. Curiosidade: todas as minhas namoradas eram virgens! Sempre tive o prazer de ser o primeiro delas!

Fabrício Menna Não é uma preferência. Eu evito (provavelmente serei zoado por isso), por achar que a primeira vez deve ser com alguém especial, que ao menos tenha um carinho grande por você. Já deixei de fazer com duas meninas virgens. Era a primeira vez que ficávamos, e achei que iam se arrepender. Não deu outra, me agradeceram depois, por não ter feito. Isso não significa que eu não goste ou não tenha paciência pra "ensinar", pelo contrário.

Oscar Filho Ih cara, isso é bem complexo! Eu tento evitar sabe? Principalmente se for com alguém que eu não tenho uma relação muito forte e nem quero ter. Na minha cabeça, e acho que na da menina também, isso ainda é algo que marca a vida e que vai ficar na memória pra sempre como: o 1º cara. Eu sei bem que isso já tá meio que caindo, esse "mito" já tá sendo deixado de lado, mas acho que é inevitável você pensar e não esquecer quem foi aquele primeiro. Não quero que a menina saia por ai falando "Ele só quis me comer!". É como disse, se não for alguém que eu realmente queira ter esse laço forte, prefiro evitar. Tem gente que gosta muito, eu sei, mas eu evito e vou continuar assim. Não sei até quando, mas agora é assim.


4- Vocês tem algum tipo de receio quando sabem que a mulher já fez sexo com mais de 5 caras?

Kaliel Pinheiro Nenhum cara gosta de imaginar que a mulher dele já esteve com outros caras, na cama então nem se fala, isso é fato. Mas chega uma certa altura da vida em que todos já passaram por isso, querendo ou não você vai ter estado na cama com mais de 5 mulheres, e ela vai ter feito o mesmo, e aí? vai deixar de tentar algo por conta disso e no fim acabar perdendo o que pode ser uma experiencia muito boa? (ou muito ruim da mesma forma). Mas isso vai de cada um. EU não gostaria,
mas não faria disso o fim do mundo também.

Daniel Figueira Não tenho nenhum preconceito em relação a meninas que transaram com 5 caras ou mais. Sexo é bom e todos devemos fazer. Eu acho que as meninas mentem um pouco para ninguém julga-las. Porque os números nunca se encaixam, as mulheres sempre dizem que transaram com menos de 10 caras e os caras dizem que transaram com mais de 20, então alguém está mentindo, não acham? Acredito que quanto mais você faz sexo mais você aprende sobre, e quanto mais você souber, mais prazeroso será. Também não acho que meninas que transaram com poucos caras não possam ser experientes no assunto. Uma mulher que namora uma pessoa e faz sexo quase todo dia provavelmente sabe mais do assunto do que as que fazem com um cara por semana, mesmo que sejam diferentes caras.

Lucas Salles Desde quando quantidade influencia em qualidade? Ela pode ter transado com trinta homens. Deu vontade, ela fez. Ela não é piranha por isso. Ela só quis fazer. Eu, particularmente, não me interesso muito pelo passado, afinal, se estou com alguém, é para começar um novo futuro ao lado dessa garota. A gente apaga o passado, vive o presente e cria um novo futuro. Mesmo se ela transou com cinco ou se é virgem.

Fabrício Menna Tenho. O receio de ela me destruir na cama. Fala sério, como eu já disse, todo mundo tem o direito de sentir prazer! Por que essa mania de que o homem ter várias é legal, e a mulher não? Se ela fez com 5 ou 50, pra mim é indiferente. Na verdade, se ela fez com 50, a probabilidade de ter algo a me ensinar é maior, o que a torna muito, muito interessante!




Oscar Filho É bem do ego masculino essa coisa né? É meio que involuntário. Mas assim, não dá pra ficar nessa paranoia sempre. Todo mundo tem uma vida, teve relacionamentos e conheceu pessoas. Principalmente se for alguém com mais de 25 anos e que já viveu isso tudo, é inevitável (ou quase), que tenha feito sexo com mais de 5 pessoas. A gente tem que deixar esse ego de lado e seguir. Se você gosta, se você quer, você vai ter que aceitar o passado (já falamos disso no post anterior), até porque você também tem uma vida passada. Eu procuro abstrair essas coisas e observar como a pessoa é comigo atualmente. É claro que se você tem uma pessoa que é nova e já teve tantas várias relações sexuais, você tem que ficar meio com pé atrás, né? Mas sem julgar.


E aí, o que acharam da opinião dos caras no post de hoje? Tiraram muitas dúvidas? Deixaram mais algumas? Deem sugestões pro próximo Banheiro Masculino! Queremos sempre ler a opinião de vocês por aqui :)

Até a próxima!

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Banheiro Masculino: a calcinha que os homens querem ver

Olá, meninas! Banheiro Masculino de volta e, dessa vez, fizemos o ENORME sacrifício de escrever sobre calcinhas. Foi um trauma muito grande falar desse assunto que a gente detesta. Eu escolhi 7 aspectos que reúnem tudo que uma calcinha pode ser. Espero não ter esquecido nenhum, rs.
Hoje temos uma novidade! Gente nova no Banheiro! Daniel é o novo contratado, já vestiu a camisa e chegou participando. Leiam essa pequena Bio que ele mandou: Daniel Santana é santista, empresário e tem 31 anos. Apaixonado por tecnologia, inovação e esportes radicais. Tem senso de humor afiado e sonha um dia em ser mestre cervejeiro ou crítico gastronômico.
O rapaz é coisa fina! Ele está no Twitter em @santanadaniel. Dêem as boas-vindas ao brother!


O que a gente pensa sobre cada tipo de calcinha?


Básica: Olha, eu poderia começar falando que calcinhas são legais no chão, mas é meio clichê e elas até que são legais de algum jeito quando as meninas estão vestidas. As básicas, por exemplo, são bem legais quando a menina também tá vestindo uma camisa grande sua e com essa calcinnha por baixo. É um charme e elas mal sabem disso. (dica)
Bege: É feia, sei lá. Não tem como explicar direito porque elas não remetem a quase nada. Acho até que as meninas tão parando de usar desse tipo.
Divertidas: hahahhaa Como fã de coisas geeks e nerds, não sei que reação eu teria se uma menina aparecesse com uma dessa. Nunca presenciei, mas não seria nada que eu não gostaria. Seria diferente.
Fio-dental: O mito! Sem dúvida a preferência masculina. Mas não é qualquer menina que fica legal nela. Tem que ter um corpo e principalmente uma bunda legal.
Renda: As mais charmosas e sexys, sem mais! É sempre muito bom ver umas desse tipo. São minhas preferidas.
Grande: São tipo cueca box. Liberdade! Elas também são bem legais de se ver, não são sexys mas remetem a mesma situação que falei das básicas. Com uma camisa sua grande por cima e tal. Ficam charmosas.
Tanga: São do mesmo tipo das "fio-dental". Extremamente sensuais, aguçam alguns sentidos e tal. Mas também depende da menina que tá usando. Depois das de renda, são as que mais gosto.



Básica: Gosto demais! Acho lindas essas calcinhas brancas de algodão. Naquela medida que revela um pouco do corpo, sem mostrar demais, sem esconder demais. Fica bem em qualquer tipo de corpo.
Bege: Não vejo esse tabu todo. É claro que não é a cor mais instigante de todas, mas atualmente até as calcinhas bege tem um formato mais sexy, menos "vovó". Não é lindo, mas tá longe de ser essa coisa "espanta homem" que algumas pessoas falam. É só uma calcinha.
Divertidas: Acho legal em determinados momentos. Um relacionamento íntimo (não apenas o sexual) tem momentos distintos com climas distintos e às vezes um desenho engraçado, uma frase contextualizada faz rolar uma brincadeira legal. Não foram feitas pra serem sensuais, mas quem foi que disse que só a sensualidade é que dá tesão?
Fio dental: Como não gostar? Fio dental é lindo... mostra tudo o que a gente quer ver. O homem presta muita atenção na atitude da mulher durante um beijo, um amasso ou o sexo (às vezes dá mais atenção a isso do que ao tamanho dos seios ou das coxas, por exemplo). E esse tipo de calcinha nos faz acreditar que aquela mulher sabe o que quer fazer, tem personalidade. Não gosto daqueles fio dental muuuuito pequenos. Tem que ser o suficiente pra fazer aquele "V" atrás.
Renda: Não é minha favorita, mas acho bonito. Combinada com uma cinta-liga e espartilho fica um negócio espetacular. Mas sendo só a calcinha mesmo, apesar de curtir renda, não é a coisa que mais me atrai.
Grande: Shooow! Eu gosto! Assim como a calcinha básica, passa uma sensação de que não era pra eu te ver de calcinha. E isso dá um negócio dentro da gente que é difícil de segurar! Usem mais calcinhas grandes, especialmente aquelas que tem uns detalhes vintage. Gosto muito, aprovo e dou de presente pra namorada.
Tanga: A melhor de todas. É a calcinha que mais valoriza as curvas do corpo da mulher, tem aquela fitinha do lado que faz toda a diferença. Normalmente a tanga é um pouco menor que a básica, mas um pouco maior que a fio dental. E essa é a medida exata! Mulheres de tanga ficam lindas demais. Usem e abusem.



Básica: É aquela que serve pra tudo e não deixa de ficar bom. Nem tão grande, nem tão pequena.
Bege: Brochante. Esse "grandma style" não me agrada em nada, parece mais uma cueca boxer masculina. Uma sugestão é guardar pra quando chegar aos quarenta.
Divertidas: Não tenho nada contra, aliás é bem daora, só acho que são poucas meninas que tem personalidade para usar essas calcinhas.
Fio-dental: Sinceramente, depende muito da menina que usa. Se não cair bem, não é uma boa ideia sair em público, porque caso apareça, pode ficar feio.
Renda: Essa é uma das melhores. Calcinha de renda, com ou sem cinta-liga, é um fetiche de todo homem que joga em um time só.
Grande: Parece mais um maiô do que uma calcinha. Não é que fique sempre feio, é bem estilosa, mas existem melhores opções.
Tanga: Outra das melhores, lembra muito biquíni, mas é a mesma história do fio-dental: não é porque você pode comprar que você pode usar.


Básica: Meio sem sal, né?! Pro dia-a-dia é tranquilo, se ela se sentir confortável, tá valendo! Mas acho feio se a calcinha deixar uma marca muito grande no bumbum. Tem mulher que gosta de ser sempre sexy e considero isso um diferencial.
Bege: Se não for bem pequena, acho sem graça e brega.
Divertidas: Não são as minhas preferidas, a não ser que o estilo da mulher seja bem diferente mesmo, aí pode até ser que fique sexy!
Fio-dental: Meu estilo preferido por razões óbvias. Só de saber que a mulher tá usando já me deixa feliz, haha. Não precisa ser sempre aquela mais socada do mundo (que nem dá pra ver a calcinha direito, estilo atriz pornô). Mas mulher de fio dental é uma loucura!
Renda: Só tenho uma coisa a dizer pra essas calcinhas de renda estilo shortinho, transparente e pequena: Huuuummmmmmmm!!!
Grande: Essas estão proibidas! Calcinha grande só está liberado para as nossas vovós, ok meninas?! Se for dessas grudadinhas estilo shortinho pra usar em casa, beleza..
Tanga: Eu sou louco em calcinha de mulher! Ou seja, é difícil eu não gostar de alguma. Essa é charmosa, feminina. Aprovada!



Básica: Acredito que seja bem confortável para o dia a dia. Se tiver atitude e estilo, dá para andar em casa à vontade com a camisa do namorado, fazendo o estilo largada-sexy.
Bege: As duas únicas exceções para este estilo são: 1) Não marcar no vestido; 2) Gestante. Se não for uma destas duas situações, pode esquecer. Modelo mais broxante que existe. Se a noite terminar bem, dê um jeito de tirar o mais rápido possível.
Divertidas: Não curto nem um pouco. São os modelos muito sem graça. Parece que a mulher está usando a cueca do filho de cinco anos e a única intenção é tirar o foco do seu próprio corpo, pois ele não é do jeito que ela gostaria. Alguns geeks podem gostar.
Fio-dental: Depende muito da ocasião. Pode ficar linda se o tamanho for adequado ao corpo, mas vulgar se a roupa for transparente ou se a calcinha aparece quando a mulher senta/se abaixa e a peça íntima sobe até a altura das costelas.
Renda: Modelo que mais gosto, bem feminino, dá para usar com uma grande variedade de cores e tamanhos, desde o modelo string até o caleçon.
Grande: Não gosto. Talvez apenas para praticar esportes ou malhar. Uma calcinha grande, que cobre a maior parte da bunda e marca visivelmente uma calça social apertada, por exemplo, é quase uma ofensa.
Tanga: Acho que é um modelo delicado e bonito. Dá para variar com muitas cores, estampas e motivos. Não é tão pequena que seja desconfortável, nem tão grande que oculte a beleza do corpo feminino.

Então, meninas, é isso... espero que tenham curtido. Sempre pensem bem antes de deixar um cara saber qual calcinha você está usando. Mas, se for acontecer, espero que agora saibam melhor como escolher. Um beijo, até logo ;D
- Igor Coelho

Escrito por Igor Coelho

Banheiro Masculino: mulheres fumantes

Olá, meninas! O Banheiro Masculino reapareceu e agora é com força total. Porque a gente não vai deixar a mulherada do Banheiro Feminino tomar conta assim tão fácil, hehe. Esse é segundo Banheiro organizado por mim - Igor Coelho - e o primeiro sem a introdução fofinha da Isabela. O tema veio de uma sugestão de vocês: mulheres que fumam. O que os homens pensam sobre isso? O quanto influencia na imagem que fazemos de vocês?

Aproveito para indicar a leitura de um texto de Mário Prata, "A Mulher que Fuma". Na minha opinião é perfeito. Depois vejam só o que eu e os brothers aí respondemos... beijos e boa leitura!


O que você pensa de uma mulher que fuma?



Olha, se tem uma coisa que me faz desistir de uma mulher é ela fumar. Você tá lá na balada, vê aquela menina toda charmosa, que te chama atenção, bonita e tudo mais, dai ela vai e pega um cigarro pra fumar? Brocha total né? ;\ Não dá, de verdade. Você pode até pensar "ah, mas é so um cigarro. Dá um halls pra ela que tá tudo certo". Mas não é bem assim. Quem dera fosse, inclusive. As vezes eu até acho charmoso e sexy o jeito que as mulheres fumam (depende da mulher), mas o gosto do beijo que fica, não é muito legal. Talvez até exista uma exceção, de você ficar com uma menina que fuma uma vez perdida numa balada, mas não pra se relacionar. Pelo menos não pra mim.


Não garanto que não namoraria, mas as chances são praticamente nulas. Eu não conseguiria conviver com a rotina de ter que sair pra fora de balada, restaurante, etc, quase toda hora pra ela fumar, fora o cheiro forte que já fica depois de um só cigarrinho. Além do cheiro, dizem que beijar uma menina com gosto de cigarro na boca é como lamber um cinzeiro haha claro que é um exagero, mas eu não curto, acho bem desagradável.


Olha... não ligo muito. É claro que se a pessoa for altamente viciada eu vou me incomodar (isso vale pra qualquer vício). Mas é raro eu criar problema com esse tipo de hábito. Eu já fiquei com meninas fumantes e não achei esse horror todo que comentam do beijo. Não é nada que uma Halls de morango não resolva. Até namoraria uma fumante. Se ela tiver qualidades que eu valorizo e admiro eu vou deixar de namorar com a pessoa por causa de um "defeito"? Claro que não. Apenas, por favor, que não fume igual a um homem. Gosto de mulheres mais delicadas e femininas, mesmo que seja pra fumar.

Eu sou muito preocupado com os quesitos saúde e bem estar. E, por isso, admiro as pessoas que se importam também. Não vou ser hipócrita em dizer que só faço coisas saudáveis, claro que não. Mas a mulher que fuma não pode ser aquela toda largada. Tem mulher que fuma e se cuida bastante: contraditório, porém, melhor do que se perder e abusar. Se for pra escolher, prefiro uma mulher que não fume. Mas, se eu estiver apaixonado, isso não impedirá que eu me envolva e namore uma fumante. O beijo em uma mulher que fuma bem moderadamente pode ser normal. O problema está no exagero e nas horas impróprias. Enfim, não cruxifico uma mulher fumante, pois acho que existem defeitos muito mais insuportáveis, mas não gosto de nenhum defeito excessivo.


Eu não gosto de fumantes, em geral, não pela pessoa e sim pelo hábito e pelo cheiro, que dirá o gosto! Acho que em uma geração que todo mundo preza saúde, em pleno século XXI a pessoa fumar é preguiça da vida mesmo, mas não estou aqui para julgar ninguém, só dar minha opinião. Fumar é bad seja você homem ou mulher, de verdade só você acha bom e no fim não é bom nem para você mesmo.








Se sua namorada pede que você deixe de fumar. Como você reage?



Oscar Filho

Primeiro que não existe a menor possibilidade de eu fumar. Então essa opção aí não condiz. Mas se fosse o caso, acho que teríamos que conversar. Ela me conheceu fumando, começou a namorar comigo fumando, porque só agora ela vai pedir pra eu parar? Não sei como seria a reação pois, como falei, não há nenhuma possibilidade desse caso ser comigo. Mas acredito que tem que conversar e ver a melhor opção pra tal. É bem complicado isso, porque alguém vai ter que se abster de alguma coisa pra que possam manter a relação.

Como eu não fumo, eu vou considerar a situação inversa. Se eu gostasse muito de uma menina que fuma, provavelmente em algum ponto do relacionamento eu acabaria pedindo que ela parasse, ou ao menos diminuísse, e a reação dela ou resolveria ou terminaria o namoro.

Reagiria tranquilamente. E tentaria largar o vício. Ainda acharia legal por notar a preocupação dela. Como eu não sou fumante, talvez esteja fantasiando um vício muito fácil de abandonar. Mas enfim... eu pressuponho que se estou namorando uma mulher é porque eu a amo ou, pelo menos, sinto algo muito próximo a isso. Sendo assim, porque não tentar abandonar um hábito que incomoda a moça? Se ela tivesse algum hábito que me incomodasse eu também tentaria conversar pra que ela parasse. É por isso que namorar é legal, né... a gente ajusta um detalhe aqui, outro ali, com diálogo e paciência, pra ser um casal feliz. Sem crise, gente. E vamos concordar: namorar é muito mais legal que cigarro.


Se ela estiver fazendo isso visando o meu bem, minha saúde, beleza! Tanto "parar de fumar" como qualquer outra coisa que ela pedisse de forma sincera, plausível e benéfica para o bem dos dois, eu me esforçaria, tendo em vista que isso me traria muitos benefícios. Em um namoro as duas pessoas precisam se ajudar a crescer e melhorar. Se um não faz do outro uma pessoa melhor, não é namoro. Mas, se por acaso ela pedir pra abandonar alguma coisa que eu não quero, eu ia querer o respeito dela, afinal, cada um toma as decisões da própria vida.

Minha namorada não me pediria isso porque eu não fumo. Mas se ela pedisse isso como forma de preocupação acho totalmente válido, afinal fumar detona a saúde e gera uma série de desconfortos que, na boa, ela teria até o direito de pedir e te ajudar nisso, como qualquer assunto a dois você tem que saber falar, propor e não impor. Tudo que é bem conversado em um relacionamento se resolve, então aplica isso para o cigarro e para outras coisas também.





Bom, meninas... imagino que muitas de vocês, se não fumam, tem uma amiga que fuma, ou uma amiga que tem um namorado fumante. Espero que tenham gostado do tema! Comentem bastante com a opinião de vocês e não deixem de sugerir temas!!! Todas as ideias são válidas para os próximos posts do Banheiro Masculino. Um beijo!

Escrito por Igor Coelho