Motivos para amar Stranger Things, a nova série "queridinha" da Netflix

Talvez você já tenha ouvido falar da tão comentada e recém lançada série da Netflix, a "Stranger Things". A série saiu no último dia 15 e desde então ganhou o público de uma forma incrível, passando "Game Of Thrones" e chegando no topo das séries mais populares em algumas plataformas, como por exemplo o IMDb, o maior banco de dados de séries e filmes da internet.

Antes de tudo, dá uma olhada na sinopse e num dos trailers da série:

"Ambientada em Montauk, Long Island, conta a história de um garoto que desaparece misteriosamente. Enquanto a polícia, a família e os amigos procuram respostas, eles acabam mergulhando em um extraordinário mistério, envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaturais e uma garotinha muito, muito estranha."

A série faz jus ao sucesso que anda fazendo, mas se ainda não se convenceu de assistir, saca só alguns motivos que podem te fazer amar "Stranger Things".

1. As diversas sensações

Muitos ainda não deram chance à série por acharem que se trata de uma história de terror por causa do próprio nome, mas estão enganados. A série proporciona diversas sensações e sentimentos ao longo dos episódios: um pouco de medo, suspense, curiosidade e até risadas. Mas não se preocupe, não é uma série de terror, apesar de estar conquistando fãs que curtem esse estilo.

2. As incríveis atuações

Por favor, muitas palmas para os atores dessa série. Dos pequenos até os mais velhos, todos os personagens são muito bem representados. O destaque fica para a personagem "Onze", interpretada pela jovem Millie Bobby Brown, que vem ganhando o público com seu carisma em suas redes sociais.

3. A trilha sonora com clássicos dos anos 80

Bem difícil encontrar alguém que nunca tenha ouvido pelo menos uma das músicas tocadas na série, ainda mais quando se trata da clássica "Should I Stay or Should I Go". Mas se for o seu caso, vale a pena conhecê-las, músicas das boas. Aproveitando o assunto, liberei aqui uma playlist só de brasileiríssimas para ouvir e se apaixonar e você pode acessá-la clicando aqui.

4. Dá pra assistir tudo em um único dia!

Talvez nem seja um motivo para amar "Stranger Things", mas é válido citar para aqueles que, assim como eu, são SUPER ansiosos. A primeira temporada da série tem apenas 8 episódios com menos de 1 hora de duração cada um e você vai se envolver de uma forma tão intensa que quando ver já acabou. #VemSegundaTemporada

5. As referências ao mundo Geek e aos anos 80

Vai ter RPG sim e se reclamar vai ter mais RPG! São muitas as referências aos jogos de RPG e outros desse mesmo meio. Mas quem não se identifica, pode ficar tranquilo, pois as cenas não são nenhum pouco cansativas, pelo contrário. E voltando aos anos 80, fãs de E.T, Poltergeist, Os Goonies, Enigma de outro mundo e Conta Comigo poderão amar ainda mais essa série.

Poderia passar horas citando mil outros motivos para te fazer correr e assistir a essa série maravilhosa, mas vou resumir tudo em duas palavras: simplesmente assista. Caso já tenha assistido, conta aqui nos comentários o que achou e o que mais podemos dizer para aqueles que ainda não viram.

Escrito por Marcos Sena

Não tantas primaveras, mas muitas histórias. Carioca, futuro jornalista, blogueiro sonhador, youtuber, fotógrafo nas horas vagas e pai de um bulldog francês, o Frederico. Apaixonado por viagens, blogosfera, culinária e compartilhar sentimentos em forma de imagens. Se você se identifica, garanto que vai gostar de me acompanhar nas minhas redes sociais, te vejo lá!

VOCÊ SE FOI, MAS A MINHA CAMA CONTINUA VAZIA

Talvez você não se lembre mais de nós,
Talvez seja porque já tenha outra em sua cama, ocupando meu lugar.

Mas a minha continua aqui, vazia,
Guardando seu espaço,
Afogada em perfumes que você usava.
Não tive coragem de ocupar o seu lado.

O banheiro está cheio ainda.
Cheio dos seus shampoos, desodorantes, produtos de cabelo e loções.
Você não se deu ao trabalho de vir buscá-los,
Apenas passou em outra farmácia, comprou tudo novamente
E se instalou no banheiro da casa dela.

Esse é quem você é.
Eles me disseram, mas eu não quis ouvir.
Ao primeiro sinal de rímel borrado e problema, você sairia pela porta e não voltaria mais.
Nem mesmo para recolher seus pertences.
E foi exatamente assim que você fez.

Eu quis acreditar, quis dar a você o benefício da dúvida,
Acreditar que comigo seria diferente, porque você disse que me amava.
Mas você não ama ninguém, nem mesmo seus produtos de beleza, que deixam seu cabelo perfeito.

Ego é o seu alimento,
Covardia é a sua mãe,
Medo é o seu pai.

Medo de se apaixonar, se entregar, amar.
Então você precisa sair por aí, preenchendo banheiros e deixando camas vazias,
Saindo pela porta, sem nenhum aviso de "até breve".
É quem você é.

Mas, ao contrário do que eles pensam quando dizem "eu te avisei",
Eu só consigo sentir muito por você.
Eu acredito, me arrisco e pulo, tendo a certeza de que, algum dia, alguém irá me segurar,
Enquanto você estará sozinho com sua cama vazia e seu banheiro cheio do cheiro dela, que mesmo você tendo lutado, como eu lutei por você, foi embora e te deixou sozinho, como você me deixou.

Escrito por Grazielle

Mineira, 23 anos, extremamente pisciana, advogada por graduação, blogueira no Vigor Frágil, construindo um livro, colunista nos blogs Isabela FreitasEscritos Meus e Book Without End.
Redes sociais: @gravieirasc
Pergunta lá no: Curious.cat
Quer entrar em contato comigo? 
Envie um email para vigorfragil@gmail.com

Vídeo novo: TERCEIRO LIVRO

Oi, gente. Tudo bem? Soltei um vídeo lá no canal falando sobre o tão esperado terceiro livro. Espero que vocês gostem :)

Se você ainda não é inscrito no canal, se inscreva aqui. Teremos vídeos novos toda semana! :)

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Vídeos novos no canal pra você assistir

E aí, gente? Como que vocês estão? Ultimamente tenho postado bastante lá no Youtube, no meu canal. Já ultrapassamos os 300.000 inscritos, e estamos rumo aos 400.000 <3

Esse mês já tivemos vários vídeos novos bem legais. Pra você que perdeu os últimos vídeos, vamos colocar em dia?

  • Teve vídeo contando sobre quantas pessoas eu já beijei na vida...
  • Teve vídeo falando sobre sexo antes do casamento, e sobre Eu Escolhi Esperar
  • E teve vídeo com o comediante Bruno Motta dando conselhos "express" pra vocês :)

Se você ainda não é inscrito no canal, se inscreva aqui. Teremos vídeos novos toda semana! :)

Escrito por Isabela Freitas

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

VOCÊ FEZ CHOVER

Você não tem noção, mas a sua chegada fez o meu mundo inteiro tremer. Você chacoalhou tudo quando abriu esse sorriso lindo e me fez entender o que é realmente estar "de bem com a vida". Você não me deixou só de bem, você me fez olhar ao redor e notar que há um infinito inteiro esperando por mim.

Ah, se você soubesse.


Se pudesse olhar para você do jeito que eu olho, talvez pudesse então entender finalmente. Entender que você chegar me cegou para todos os meus medos, limitou minha visão apenas para tudo aquilo que eu nunca havia notado. As flores desabrochando, as cores das asas das borboletas, o brilho das estrelas. Você perceberia que ilumina o ambiente todo quando chega.

Você não faz ideia mesmo, mas você fez meu coração bater mais forte que uma escola de samba inteira. Ou dez. Você fez minhas bochechas queimarem de vergonha toda vez que eu sentia que você estava me olhando com aquela cara de quem diz "você é linda mesmo".

Você é lindo mesmo!

Tem a beleza mais serena desse universo. Sua inocência faz tudo parecer tão mais belo, que eu acho que se tivesse escolha, viveria dentro de você, encolhidinha nesse seu coração enorme. Acreditaria também que o amor cura tudo sempre, que a vida pode se parecer um filme às vezes, que as pessoas são boas. Ficaria mais do que feliz em acreditar em tudo o que você acredita com tanta certeza.

Acho que você não consegue entender o que eu digo quando grito que você é mesmo o melhor ser humano que eu já conheci. O pouco crédito que você dá a si mesmo me deixa roendo as unhas de nervoso. Ô rapaz, você fez a lua sorrir quando me beijou pela primeira vez, fez a platéia inteira levantar e te aplaudir. Fez tudo diferente, com certeza, mas do jeito mais inesquecível também.


Foi desajeitado sim, mas ajeitou tudo que estava bagunçado dentro de mim.

Você me deu vontade de gargalhar sem ter nem razão, só por gargalhar. Me deu vontade de sentar na beira de uma praia vazia e observar as ondas calmas que quebravam nas pedras. Me deu vontade de pegar o seu violão e tocar a mais bela melodia só para te mostrar que você fez tudo isso. Me deu vontade de sair rodopiando sem medo de cair. Você mexeu comigo.

Mesmo que você não tenha notado, vai por mim...você parou o trânsito da cidade. Você colocou a melhor cena do melhor filme de romance no chinelo. Você me fez dançar na chuva com o meu melhor vestido sem nem saber dançar, sem nem ligar para os olhares curiosos dos que observavam sem entender nossa loucura.

Você fez chover e ainda faz.

Escrito por Deborah Sequeira

18 anos de muita história para contar, autora do blog duzentaslinhas.blogspot.com.br, residente do país das maravilhas e escritora nas horas vagas - nas outras também. Geminiana, sonhadora, avoada, estudante de psicologia, especialista em matérias impossíveis e completamente apaixonada por pessoas, flores e tudo que há de belo no mundo. Acredita em fadas, sereias e em um amor que cura todos os males.
Quer conversar comigo pelas redes sociais? Fácil, só me chamar em @duzentaslinhas 
Ou quer desabafar secretamente? Pode me mandar sua história pelo e-mail duzentaslinhas@gmail.com (juro que sou boa em conselhos)