Conte sua História: Apaixonada pelo melhor amigo

Conte Sua História

 

large-190

 

Me chamo A.R., 

Bom nao sei se você vai ler, mas é ate uma boa forma de desabafar.. Pra começar, eu tenho um melhor amigo, a anos ele é meu confidente,mseu refúgio, mas nunca tivemos nada, nem passava (pelo menos na minha) cabeça rolar algo entre nós, pela minha mãe, os pais dele, e nossos amigos nóss eramos perfeitos juntos mas NAAAO, pra falar a verdade nós estavamos brigados, mas melhor amigo é melhor amigo e não dá pra ficar muito tempo sem!! Eu sai de um relacionamento em março, e voltei a rever meus amigos, a sair e etc, um tempo depois, mas precisamente no fim de maio, meu melhor amigo terminou o relacionamento dele, e nós nos reaproximamos. Voltamos a sair com o mesmo pessoal e toda aquela coisa de quem terminou e quer aproveitar a vida. Só que em um desses finais de semanas de festas e baladas, eu sai mais cedo de uma festinha e ele me buscou, só que o irmao dele tava na festa e nós decidimos ficar no carro pra esperá-lo. Conversando, brincando, como sempre. Eu deitei no ombro dele, e começamos a conversar bem perto, eu desviava, ele desviava, num desses olhares a gente acabou se beijando.. Minha primeira reação foi "MEU DEUS EU BEIJEI MEU IRMÃO" depois ele soltou a frase "vai dizer que você nunca pensou nisso". Mil coisas se passaram pela minha cabeça, afinal eu sei todos os erros dele, o quanto ele é galinha e o quanto isso não daria certo… Mas, combinamos de deixar só entre nós. Dali pra frente, nos beijávamos sempre, saiamos com o pessoal e nosso fim de noite, ah era só nosso!! Mil e uma maravilhas. Até que a ex dele começou a ligar/chorar/pedir/aparecer na casa dele implorando pra voltar (eu entendo quando uma pessoa ama a outra mas ela começou a se humilhar) e por fim ela falou que estava grávida(17 anos). Primeiro impacto: ninguém acreditou porque ela é muito mentirosa, e já tinha falado a mesma mentira pra não terminar um namoro antes do deles.. Ela começou a fazer um inferno na vida dele, e como nós combinamos de ninguém saber, pra ela, ele estava sozinho. Minha reação foi me afastar, evitava de vê-lo, achei melhor até a história ser esclarecida. Só que a mãe dele gosta muito de mim, e pediu pra eu nao deixar ele assim, porque ele estava com muitos problemas e etc. Nisso começou o maior auê da minha vida, eu não podia falar nada, porque a gente não tinha nada, eu comecei a cobrar muito ele, minhas amigas acho que não me agüentam mais falar disso.. Eu e ele começamos a ficar cada vez mais distantes, eu chamava ele pra conversar ele vinha com grosseria, ai quando eu largava de mão ele vinha com "bom dia amor" como se nada tivesse acontecendo, nesses dois meses foram imensas brigas, eu e ele nao conseguíamos  nos ver sempre, e eu não achava certo ter algo com ele com a menina assim.. Enfim, ontem a ex namorada dele abortou, não sabemos se foi natural, se foi por stress, nem nada. Eu fui ver ele, como ele estava, ele foi seco, e eu como melhor amiga não sabia o que fazer, dei total apoio pra se ele precisasse de algo me chamar, eu acho que ela vai precisar do apoio dele agora pelo ocorrido, porque isso é uma coisa horrivel.. Eu acho que ele sente algo por ela ainda. 

Mas eu só queria saber se você acha certo nesse momento me afastar? Ou apoia-lo? Ou deixar para ver se eles vão voltar (acho difícil mas). Eu estou completamente perdida, porque infelizmente ou felizmente eu estou gostando dele de verdade, não mais só como melhor amigo, só que não me acho certa pela garota nessa situação.. Não sei o que fazer, e agora ele decidiu ser a grosseria em pessoa com todo mundo. Além de tudo isso, tem uma menina que ele já namorou a tempos atrás que eu sou brigada que está indo atrás dele. Enfim, eu me afasto ou eu digo pra ele que o amo? Brigada Isa, desculpe o texto enorme, mas que essa historia está realmente complicada.. 

Beijos 

 

Oi, A.R, tudo bem? Então, vou começar falando dessa garota aí que ''estava grávida'', e que ''perdeu o filho''. Vão me desculpar a insensibilidade, mas eu só acredito se tivesse visto, porque olha, o que tem de menina sacana que usa esse ''artíficio'' pra manter homem ao seu lado, não é pouco. Momento nenhum estou dizendo que você deve insinuar isso para ele, ou colocar essa dúvida na cabeça, ele mesmo já deve ter se tocado disso. Mas é bom manter um pé atrás quanto a ela, e não desistir fácil da luta assim, só porque você acha que ela merece mais que você, e blá, blá, blá.

Outro ponto: uma amizade evoluir para o amor é super normal. Aconteceu comigo, com você, e provavelmente já aconteceu com quem está lendo isso daqui. Na maioria dos casos não sabemos como lidar com isso, porque enquanto é uma amizade colorida, tudo pode ficar um pouco difícil. Até onde posso cobrar? Até onde posso ir? E meu conselho para você nesse quesito é: aja como sempre agiu em relação a ele. Seja uma boa amiga, se afastar é infantilidade. Esteja ali pra quando ele precisar, mas não o sufoque como uma pseudo namorada louca. Tente mentalizar e se lembrar de como vocês eram quando ''só amigos'', e aja do mesmo jeitinho que o conquistou e fez com que ele te desse o primeiro beijo. Ele se apaixonou por você ''amiga'', e não por você preocupada em lutar por ele, ou uma você que o cobra, etc. Faça-o se lembrar do carinho e da ligação que vocês tem um pelo outro – mesmo que seja difícil engolir o ''eu te amo'', e esperar a poeira abaixar – você deve fazer isso.

Acho que certas coisas não precisam ser ditas, porque você pode dizer de outras maneiras. E no momento você pode demonstrar seu amor por ele, afirmando e mostrando que não vai a lugar algum, e vai estar ali por ele se ele quiser ou precisar. Se tem mil meninas atrás dele, ex namorada louca, enfim, não importa. Porque quando o homem gosta, podem ter mil atrás dele, que ele só vai conseguir pensar em uma. Se você for essa única, ele não vai te machucar dessa forma. E se te machucar, já sabe, né? De amor e amigo ele não tem nada. 

Nem se afastar, nem dizer o sente. Deixe que tudo se ajeite com o tempo, e se mantenha paciente, transmitindo seus sentimentos em forma de atitudes e maturidade.


E você, já passou por isso? Qual seu conselho para a A.R? Vamos fofocar nos comentários!

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

4 passos para deixar para trás o seu ”primeiro”

10 coisas, Publicidade

Você  vive pensando no seu ''primeiro''? Acha que ninguém nunca mais vai ser tão bom quanto ele? Acha que ele é único, insubstituível? Esse post é pra você.

 

sexx

 

1- Queira deixar essa lembrança para trás: não adianta sofrer por toda a vida choramingando que ele foi seu primeiro, que foi inesquecível, e blá, blá, blá. A própria gramática já diz: foi. No passado. Não é mais. Então você precisa querer esquecer dele, e seguir em frente. Sem drama, e sem achar que ele é o único. 

 

2- Saiba que melhores virão: posso te garantir, não existe isso de que ‘’nenhum nunca mais vai ser igual a ele’’. Te garanto que não. O mais fácil de acontecer é você se entregar ao próximo, e descobrir que aquilo ‘’tudo’’, não era nada demais. Se dê a chance de ter novos parceiros, e de se descobrir no sexo. O primeiro pode ter sido legal, mas o próximo pode ser melhor ainda.

 

3- Quando possível, faça sexo com sentimento: as vezes tudo que você precisa para esquecer o seu primeiro, é fazer sexo com alguém que você goste. Sexo por prazer muitas vezes não apaga a memória da ‘’primeira vez’’. Você precisa gostar de alguém, para que o sexo seja, digamos… inesquecível. Assim como primeiro.

 

4- O primeiro não é o que vai ficar, é o último: pense por esse lado, é o último que vai ser aquele. O único. O melhor. Que vai ser além de um sexo… vai ser amor.

 

 

Esse post faz parte de uma série de posts chamados de "Momentos Inesquecíveis'', vamos participar lá no instagram? Poste uma foto com a hashtag #temqueserincrivel, vou estar curtindo as melhores <3

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Vlog: Abrindo os presentes e cartinhas que ganhei na Bienal de SP

Vídeos

colag

Venho com novidades… Toda sexta e terça terá vídeo novo no meu canal. Aê! :) Então como hoje é sexta… Vamos assistir?

Dá o play aí! Gravei esse vídeo para mostrar as coisinhas que ganhei dos leitores na Bienal de SP!

Gostou? Dá seu like e se inscreva no canal :)

Um beijo

Instagram  Twitter ❤ Fanpage ❤ Youtube ❤ Tumblr

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Banheiro Masculino: Depois do primeiro encontro

Banheiro Masculino

Agora é a vez deles. O que os homens fazem após o primeiro encontro? Eles ficam pensando nos próximos passos? Vamos descobrir!

banheiro-masculino

Vem ler!

Leia mais…

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?

Eu saí na Revista Veja!

Ian Somerhalder, Livros

ieieie

Oi gente, com tanta coisa acontecendo de legal na minha vida, eu não posso deixar passar despercebido momentos especiais e marcantes na minha carreira, ainda mais nesse inicio dela, onde tudo é novidade, e eu tenho vontade de chorar pela maioria das coisas que vem acontecendo comigo.

Bem, então vamos lá, vou contar como foi! Fui para o Rio de Janeiro para meu lançamento dia 9 de Agosto no NY da Barra, e esse fim de semana acabou acontecendo muita coisa legal junta. Um réporter da Veja, Bruno Meier, que cuida da parte de livros da revista, foi até a Intrínseca para me entrevistar. Morri de medo, claro. A Veja é uma das maiores revistas do país, se não a maior, e eu sempre a vi como algo até então inatingível. Respondi as perguntas dele, batemos um papo bem legal, e ele me disse que iria ao meu lançamento no dia seguinte. E ele foi! Lá ele encontrou uma multidão de meninas de rosa, e o fotografo da Veja fez algumas fotos com as meninas, e uma dessas fotos saiu na revista comigo! Muito legal! 

O Bruno foi super a fundo, conversou com meus pais, quis saber do meu namorado, ele queria entender um pouquinho do meu mundo, e acho que consegui passar isso a ele. 

Daí acabou que fui chamada para ir ao programa Encontro com Fátima Bernardes novamente na segunda-feira, e fiquei pelo Rio de Janeiro. O que foi uma sorte, porque na terça a Veja ligou marcando uma sessão de fotos comigo na quarta-feira. Gelei. Minha ansiedade para essa matéria estava me matando, e agora teríamos uma sessão de fotos? Ai! 

Na quarta-feira me encaminhei para o studio, a barriga doendo de tanta ansiedade. Fui maquiada e arrumada pelo divo @ewertonpacheco (sigam no insta, ele é um maquiador do RJ ma-ra-vi-lho-so), e estava pronta para as fotos. Quem fez minhas fotos foi ninguém menos do que Ernani D'Almeida, muito chique, né? Ele arrasa. 

E até então eu estava esperando, até que… Saiu! Minha reportagem está na edição 2389 – ano 47 – n36 – 3 de Setembro de 2014 (Com Dilma, Aécio, e Marina na capa!).

Espero que gostem, e comprem :) saibam que é uma honra para mim ter feito essa matéria na Veja com o Bruno Meier, e espero que vocês me prestigiem! 

10482474_277242722483353_5425578916284112952_n 10612980_277242765816682_3174779954960490115_n 10645211_277242675816691_4661071032567361270_n 10650051_277242785816680_7862250356814491823_n

 

Algumas fotos da Revista Veja:

_MG_3905iubebe

Espero que tenham ficado tão felizes quanto eu!

E ah, para completar a série de notícias boas… Hoje saiu uma coluna na Veja, falando sobre a Bienal de SP, e…

Captura de Tela 2014-09-04 às 16.29.31 Captura de Tela 2014-09-04 às 16.29.39 Captura de Tela 2014-09-04 às 16.29.44

Gente, vocês acreditam??!?!?!?! Para ler a coluna inteira, cliquem aqui. Chorei com essa notícia, de verdade. Ter meu nome como um dos mais vendidos de toda a Bienal, é mais um prazer, é um sonho, é… surreal. Nem acredito quando leio umas notícias dessas, fico pensando ''ah, vocês tão me enganando, né?''. Alguém me belisca?

Obrigada Veja pela matéria, e pela notícia de hoje. 

Um beijo

Instagram  Twitter ❤ Fanpage ❤ Youtube ❤ Tumblr

Isabela Freitas

Isabela Freitas é escritora, blogueira, e exagerada. Louca por histórias de amor, desenhos animados, e bichinhos de rua. Prega o desapego às coisas que não lhe fazem bem, e acredita que o otimismo e palavras bonitas podem mudar vidas. E aí, pronto para mudar a sua?